Eleições 2022 Em Mato Grosso do Sul, Puccinelli tem 24%; Trad, 18%; e Riedel, 17%, indica pesquisa

Em Mato Grosso do Sul, Puccinelli tem 24%; Trad, 18%; e Riedel, 17%, indica pesquisa

Na disputa pelo Senado no estado, a ex-ministra da Agricultura Tereza Cristina lidera com 42%, segundo Real Time Big Data

Os candidatos ao Governo de MS Marquinhos Trad, André Puccinelli e Eduardo Riedel

Os candidatos ao Governo de MS Marquinhos Trad, André Puccinelli e Eduardo Riedel

REDES SOCIAIS/REPRODUÇÃO E GABRIEL GABINO/DIVULGAÇÃO - MONTAGEM

Na disputa pelo Governo de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (MDB), ex-governador do estado, aparece com 24% das intenções de voto na pesquisa estimulada, em que o nome dos candidatos é apresentado aos entrevistados, seguido por Marquinhos Trad (PSB), com 18%. Considerando a margem de erro de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos, os dois estão tecnicamente empatados.

O levantamento, realizado pelo Instituto Real Time Big Data, foi encomendado pela Record TV e divulgado nesta segunda-feira (19). Foram ouvidos 1.000 eleitores de cinco regiões do estado em 16 e 17 de setembro. Com nível de confiança de 95%, a pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número MS-09079/2022.

Eduardo Riedel (PSDB) aparece na terceira colocação, com 17% das intenções de voto, também tecnicamente empatado com Trad, que tem 18%, e com Rose Modesto (União Brasil), que tem com 14%. Capitão Contar (PRTB) aparece com 10%, seguido de Giselle (PT), que tem 6%. Confira o resultado completo:

Luce Costa/Arte R7

Quando considerados apenas os votos válidos, ou seja, se excluída a porcentagem de votos brancos, nulos e indecisos, Puccinelli alcança 27% das intenções de voto. Três candidatos aparecem tecnicamente empatados em segundo lugar: Trad tem 20%, Riedel tem 19% e Modesto tem 16%. Confira:

Luce Costa/Arte R7

O instituto também destacou os cenários estimulados considerando a opinião dos eleitores em várias regiões do estado: no sudoeste sul-mato-grossense, em Campo Grande, no leste do estado, no Pantanal e no centro-norte de Mato Grosso do Sul.

Puccinelli está à frente em Campo Grande, com 25% das intenções de voto, no leste do estado, com 24%, e no centro-norte, também com 24%. Eduardo Riedel está à frente no sudoeste sul-mato-grossense, com 23%. Os dois candidatos aparecem empatados, com 20% das intenções de voto cada um, na região dos pantanais.

Os eleitores também foram questionados sobre em qual candidato não votariam nas eleições. Confira:

André Puccinelli (MDB): 47%
Marquinhos Trad (PSD): 39%
Capitão Contar (PRTB): 36%
Eduardo Riedel (PSDB): 30%
Giselle (PT): 29%
Rose Modesto (União Brasil): 27%
Adonis Marcos (PSOL): 22%
Magno de Souza (PCO): 22%

Sobre a aprovação do governo de Reinaldo Azambuja (PSDB), 58% responderam que aprovam, 34% que desaprovam e 8% não souberam responder. No cenário que avaliou o desempenho do governo, 14% consideraram ótimo. Para 28% é bom, 27% consideram regular, para 16% é ruim e 12% consideraram o governo péssimo. Não sabem e não responderam somaram 3% das respostas.

Senado

Na disputa pela única vaga de senador por Mato Grosso do Sul, a ex-ministra da Agricultura Tereza Cristina (PP) figura em primeiro, com 42%. Na sequência, aparecem Juiz Odilon (PSD), com 17%, e o ex-ministro da Saúde Mandetta (União Brasil), com 14%. Confira a lista do cenário estimulado abaixo:

Luce Costa/Arte R7

Últimas