Eleições 2022 Lewandowski dá 48 horas para o PSDB apresentar ata da federação com o Cidadania

Lewandowski dá 48 horas para o PSDB apresentar ata da federação com o Cidadania

Documento vai servir de base para que o ministro decida se a nomeação de Izalci como candidato a governador do DF é válida

  • Eleições 2022 | Luiz Calcagno, do R7, em Brasília

Bruno Araújo tem 48 horas para entregar ata à Justiça

Bruno Araújo tem 48 horas para entregar ata à Justiça

Valter Campanato/ Agência Brasil

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deu 48 horas ao presidente do PSDB, Bruno Araújo, para que entregue à Justiça a ata de uma reunião da federação do partido com o Cidadania. Será com base nesse documento que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski vai decidir se foi legal a decisão do grupo partidário de apoiar a candidatura do senador Izalci Lucas (PSDB-DF) ao Governo do Distrito Federal.

A decisão de Lewandowski é da última segunda-feira (8). A deputada federal Paula Belmonte (Cidadania) briga para assumir a vaga como candidata ao GDF pelo grupo partidário. A ata é referente a uma reunião de 26 de julho. Aliados da parlamentar disseram que o PSDB teria se recusado a entregá-la.

No documento, segundo eles, estaria registrado uma afirmação de Izalci em que ele teria apoio da maioria do colegiado da federação no DF e essa afirmação do senador teria pesado na decisão em seu favor.

Já interlocutores do senador Izalci afirmam que a expectativa do Cidadania é que o documento não exista. Nesse caso, poderiam afirmar que há inconsistência no processo que resultou na indicação do senador como candidato ao Governo do DF. Porém, segundo o grupo, a ata existe e será entregue.

Além disso, os dois partidos da federação no DF registraram atas de convenções partidárias distintas na Justiça Eleitoral. Uma nomeia Izalci como candidato ao governo, e a outra, Paula Belmonte. A decisão de Lewandowski também vai determinar qual dos documentos é válido.

Federação PSDB-Cidadania

Em 26 de julho, o colegiado nacional da federação PSDB-Cidadania nomeou o senador Izalci como o candidato do grupo ao Governo do Distrito Federal para as eleições deste ano. A determinação por 13 votos a 6 ocorreu após uma série de reuniões para tentar apaziguar a disputa entre Izalci e a deputada federal Paula Belmonte (Cidadania), que também se lançou como candidata do grupo na capital.

Leia mais: Federação PSDB-Cidadania escolhe Izalci Lucas para concorrer ao Governo do DF

Últimas