Eleições 2022 União Brasil e PSDB formalizam apoio mútuo em São Paulo

União Brasil e PSDB formalizam apoio mútuo em São Paulo

Partidos ainda discutirão nomes para o Senado e para vice na chapa de Rodrigo Garcia, pré-candidato tucano à reeleição no estado

Luciano Bivar, pré-candidato à Presidência pelo União Brasil

Luciano Bivar, pré-candidato à Presidência pelo União Brasil

Reprodução

O pré-candidato à Presidência da República pelo União Brasil, Luciano Bivar, participou neste sábado (9) de evento em São Paulo em que foi oficializada uma aliança eleitoral com o governador do estado, Rodrigo Garcia (PSDB), que deve disputar a reeleição ao cargo.

"O estado de São Paulo é importante, é o principal estado da Federação. Eu tenho certeza de que aqui é uma trincheira para o desenvolvimento, para o fortalecimento, e a gente não pode correr qualquer risco de neste estado de São Paulo não ter essa trincheira para defender o país contra abusos, quer seja contra o Estado democrático, quer sejam abusos que esmaguem o povo dentro da sua economia tributária", disse Bivar.

O governador Rodrigo Garcia defendeu a aliança como uma alternativa aos eleitores. "Estamos promovendo uma alternativa ao país, nós estamos promovendo um diálogo de ideias e, principalmente, um debate de solução para aquilo que o Brasil vive", afirmou.



Apesar da formalização de apoio entre os partidos, a definição sobre os candidatos ao Senado e a vice na chapa ao governo do estado só deve ser feita nas próximas semanas. Garcia não descartou a possibilidade de haver mais de um candidato ao Senado na coligação.

"Nós temos um arco de alianças em que União Brasil e MDB são os principais partidos e naturalmente têm aspirações de compor esse arco indicando nomes dos seus filiados para a chapa. Essa decisão, se a nossa candidatura vai compor com vários candidatos ao Senado ou com um candidato ao Senado, eu também vou submeter à coligação", disse o governador.

Últimas