Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Notícias R7 – Brasil, mundo, saúde, política, empregos e mais
Publicidade

Conheça os 10 maiores países do mundo em população e território, segundo dados da ONU

Com 1,428 bilhão de habitantes, a Índia é o maior país do mundo, segundo projeções da ONU (Organização das Nações Unidas), rivalizando...

Estadão Conteúdo|Do R7


Com 1,428 bilhão de habitantes, a Índia é o maior país do mundo, segundo projeções da ONU (Organização das Nações Unidas), rivalizando com a China, com seus 1,425 bilhão de habitantes. Até o ano de 2022, a China era líder no ranking. O Brasil ocupa a 7ª posição.

Já o título de maior extensão territorial pertence à Rússia, com seus 17,098 milhões de quilômetros quadrados. O território russo é tão grande que se estende por dois continentes: Europa e Ásia, e é quase o dobro do segundo colocado, o Canadá, com 9,985 bilhões de habitantes. O Brasil, com seus 8,516 milhões de quilômetros quadrados, ostenta o título de maior da América Latina e é o quinto maior do mundo em território.

Os 10 maiores territórios (em milhões de quilômetros quadrados)

  1. Rússia 17,098
  2. Canadá 9,985
  3. Estados Unidos 9,834
  4. China 9,600
  5. Brasil 8,516
  6. Austrália 7,946
  7. Índia 3,287
  8. Argentina 2,796
  9. Cazaquistão 2,725
  10. Argélia 2,382

Os 10 países mais populosos

  1. Índia 1.428.627.663
  2. China 1.425.671.352
  3. Estados Unidos 339.996.563
  4. Indonésia 277.534.123
  5. Paquistão 240.485.658
  6. Nigéria 223.804.632
  7. Brasil 216.422.446
  8. Bangladesh 172.954.319
  9. Rússia 144.444.359
  10. México 128.455.566

Fonte: Probabilistic Population Projections based on the World Population Prospects 2022 e Statistical Yearbook (ONU)

Índia ganhou uma São Paulo em 2023

Entre 2022 e 2023, a China “perdeu” 215.985 habitantes (possuía 1.425.887.337 e passou a ter 1.425.671.352). Já a Índia ganhou uma população equivalente a quase a cidade de São Paulo, 11.454.491 habitantes, passando de 1.417.173.172 para 1.428.627.663.

Segundo análise da ONU, em 1971, a China e a Índia apresentaram níveis quase idênticos de fertilidade total, com pouco menos de 6 nascimentos por mulher ao longo da vida. No final da década de 1970, a fertilidade na China caiu para menos de 3 nascimentos por mulher. A Índia também registrou queda na fertilidade, porém, esse declínio ocorreu ao longo de três décadas.

Os dados da ONU indicam que a China apresentou, em 2022, uma das mais baixas taxas de natalidade do mundo, com 1,2 nascimento por mulher. Na Índia, esse índice ficou em 2 nascimentos por mulher, abaixo do liminar de substituição de 2,1 necessário para a estabilização da população a longo prazo.

Pelas projeções da ONU, a população da Índia deverá atingir seu maior patamar em 2064, e, a partir daí, diminuir gradualmente.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.