Internacional Após 12 processos, Kirchner se torna figura conhecida da Justiça

Após 12 processos, Kirchner se torna figura conhecida da Justiça

Ex-presidente da Argentina e atual vice-presidente, política de 69 anos enfrenta uma longa lista de processos durante carreira pública

  • Internacional | Do R7

Resumindo a Notícia

  • Cristina Kirchner esteve envolvida em 12 processos durante a carreira pública
  • Em ao menos três processos abertos Kirchner responde a acusações de corrupção
  • Kirchner foi presidente da Argentina entre 2007 e 2015 e é a atual vice-presidente do país
Cristina Kirchner está envolvida em ao menos três processos sobre corrupção

Cristina Kirchner está envolvida em ao menos três processos sobre corrupção

Juan Mabromata/AFP - 10.8.2022

A ex-presidente e atual vice-presidente da Argentina, Cristina Kirchner, voltou ao noticiário internacional após o Ministério Público do país pedir 12 anos de prisão à política por suposta corrupção.

Cristina teria cometido irregularidades na concessão de 51 contratos de obras públicas na província de Santa Cruz a companhias pertencentes ao empresário Lázaro Báez durante os mandatos de 2007 a 2015 e do marido e antecessor dela na Presidência, Néstor Kirchner, mandatário entre 2003 e 2007.

Todavia, esse não é o primeiro processo a que Cristina responde na Justiça da Argentina. No total, são 12 ações em que a atual vice-presidente é ré, dos quais nove estão sendo julgados ou estão suspensos.

De acordo com a agência AFP, em apenas dois processos Cristina foi absolvida: em subsídios irregulares nas rodovias e no superfaturamento na importação de gás natural liquefeito.

GUSTAVO IZUS, NICOLAS RAMALLO, MARIA-CECILIA REZENDE/AFP - 22.8.2022

Em suspenso continuam quatro casos. O primeiro deles é o prejuízo causado ao Estado em operações de câmbio em dólar futuro no banco central da Argentina. Cristina também é investigada por encobrir altos funcionários iranianos acusados pelo atentado contra a Amia (Associação Mutual Israelita).

A ex-presidente também tem contra si processos suspensos sobre o caso Hotesur, no qual é investigada por enriquecimento ilícito em aluguéis de hotéis e lavagem de dinheiro. Cristina é alvo ainda de uma ação na qual é suspeita de armazenar documentos históricos durante uma batida policial.

Estão em aberto outros três processos sobre corrupção, nos quais a vice-presidente é investigada por associação criminosa e fraude, cobrança de comissões a empresários em licitações públicas e suborno passivo em concessões de obras públicas.

Cristina ainda responde a ações por uso ilegal do avião presidencial e por subsídios irregulares no sistema ferroviário.

Últimas