Estados Unidos

Internacional Cachorro é encontrado dentro de mochila durante inspeção de raio-X em aeroporto nos EUA

Cachorro é encontrado dentro de mochila durante inspeção de raio-X em aeroporto nos EUA

Passageiro acidentalmente passou o cão pela máquina; situação considerada 'desumana' irritou amantes de animais

  • Internacional | Maria Cunha*, do R7

Resumindo a Notícia

  • Passageira enviou o próprio cachorro através de máquina de segurança de raio-X do aeroporto
  • Em fotos, é possível ver esboço de raio-X de um pequeno filhote marrom dentro de mochila
  • Dona do cachorro teria se esquecido de informar as autoridades sobre a presença do animal
  • Incidente não agradou aos usuários do Twitter, que acusaram proprietária do cão de crueldade
Imagem de raio-X de um pequeno filhote marrom foi compartilhada nas redes sociais

Imagem de raio-X de um pequeno filhote marrom foi compartilhada nas redes sociais

Reprodução Twitter/@TSA_GreatLakes

As autoridades de segurança de transporte de Wisconsin, nos Estados Unidos, ficaram em choque depois que uma passageira passou o cachorro pela máquina de segurança de raio-X do aeroporto.

Um tuíte detalhando o caso viralizou nas redes sociais. “Um cachorro foi enviado acidentalmente pelo raio-X”, tuitou a TSA Great Lakes sobre o incidente, que ocorreu nesta semana no Aeroporto Regional do Condado de Dane, em Madison.

Nas fotos publicadas no Twitter, é possível ver o contorno de um filhote que está enfiado em uma pequena mochila, como um contorcionista canino.

A tutora teria se esquecido de informar as autoridades sobre a presença do animal de estimação na mala de mão, antes de colocá-la na esteira, informou a afiliada da ABC WISN em Milwaukee.

No entanto, o tuíte não especificou se a passageira estava tentando contrabandear intencionalmente o filhote ou simplesmente se esqueceu que o animal estava na bagagem.

De qualquer forma, o incidente não agradou aos usuários da rede social, que acusaram a proprietária do cão de crueldade contra os animais.

“Vamos lá… pobre cachorro”, comentou um espectador horrorizado, enquanto outro se irritou: “Aquela dona do cachorro precisa ser presa por tratar seu bebê peludo de forma tão cruel!!”

Outro amante de cães, consternado, sugeriu que o TSA “colocasse o dono através” da máquina de raios-X como punição.

Um terceiro também acusou o proprietário de tentar evitar a taxa que é cobrada para levar animais de estimação.

“É desumano carregar um animal de estimação em uma mochila lacrada, que obviamente não é aprovada pela companhia aérea para transportar um animal de estimação”, disse. “Provavelmente eles estavam tentando superar o fato de não terem que pagar a taxa de bagagem de mão para animais de estimação. Doente".

Em meio à polêmica, a TSA lembrou aqueles que viajam com animais para “notificar a companhia aérea e conhecer as regras”.

“No posto de controle, retire o animal de estimação da mala e envie todos os artigos, incluindo a caixa de transporte vazia, para serem rastreados na máquina”, explicaram as autoridades de viagens.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Pablo Marques

Últimas