Internacional Catar: 69 reféns levados por terroristas do Hamas foram soltos desde a última sexta-feira

Catar: 69 reféns levados por terroristas do Hamas foram soltos desde a última sexta-feira

Acordo de pausa com Israel permitiu que organização terrorista libertasse mulheres, crianças e cidadãos estrangeiros

  • Internacional | Do R7

Maioria dos libertados são mulheres e crianças

Maioria dos libertados são mulheres e crianças

Hamas/via Reuters - 27.11.2023

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Catar, país que faz a intermediação do acordo de trégua entre Israel e a organização terrorista Hamas, afirmou nesta terça-feira (28) que 69 pessoas sequestradas em 7 de outubro, em solo israelense, deixaram a Faixa de Gaza nos últimos dias.

A soltura de reféns faz parte do acordo, que determina que Israel também liberte um número maior de presos palestinos. 

Em uma entrevista coletiva em Doha, Majed Al Ansari anunciou hoje o início da prorrogação da trégua que está em vigor desde o começo da madrugada da última sexta-feira (24). Hoje e amanhã deve haver a libertação de mais 20 reféns do lado dos terroristas e de outros 60 prisioneiros do lado israelense. 

A TV estatal israelense Kan 11 afirma que nove menores de idade, incluindo um bebê de 10 meses e um menino de 4 anos, continuam sendo mantidos reféns em Gaza.

Al Ansari acrescentou que o governo do Catar está fortalecendo as conversas de mediação para alcançar um cessar-fogo permanente. 

Entre os reféns libertados nos últimos dias estão mulheres (algumas idosas) e crianças, além de cidadãos estrangeiros, esses últimos como parte de acordos paralelos de seus governos com o Hamas, já que o acordo de Israel previa inicialmente a soltura de 40 reféns. 

Israel afirma que 240 pessoas foram levadas para a Faixa de Gaza nos atentados terroristas de 7 de outubro, que resultaram em uma forte resposta militar israelense no território palestino. 

Sorrisos e lágrimas marcam reencontro de reféns de terroristas do Hamas com familiares

Últimas