Internacional Denunciante de príncipe Andrew dá primeira entrevista sobre caso

Denunciante de príncipe Andrew dá primeira entrevista sobre caso

Virginia Giuffre alega ter tido relações sexuais com herdeiro da rainha enquanto era menor de idade. Príncipe nega acusações e diz não a conhecer 

Andrew é acusado de ter relações com menor de idade

Andrew é acusado de ter relações com menor de idade

DANIEL DAL ZENNARO/EPA/EFE - 23.11.2004

Virginia Giuffre, a americana que alega ter tido relações sexuais com o príncipe Andrew forçadamente, deu uma entrevista à BBC no Reino Unido para contar a sua versão da história.

A americana tinha 17 anos quando conheceu o príncipe na casa de Jeffrey Epstein, que foi acusado de tráfico sexual de menores.

O príncipe já deu entrevistas sobre o assunto, em que nega categoricamente ter conhecido Giuffre, e sobre sua amizade com Epstein. A entrevista foi desastrosa para a reputação de Andrew, que teve que se afastar dos compromissos reais.

Virginia, que na época levava o sobrenome Roberts, alega ter sido forçada a ter relações sexuais com o príncipe três vezes entre 2001, quando ela tinha 17 anos, e em 2002. Ela disse que os encontros aconteceram em Londres, Nova York e na casa de Epstein nas Ilhas Virgens Americanas.

Na entrevista, que será veiculada na segunda-feira (2) à noite, Virigina diz que aquele “foi um momento muito assustador na minha vida”.

“Ele sabe o que aconteceu, eu sei o que aconteceu. E só um de nós está falando a verdade”, desabafa.

Andrew nega as acusações

O terceiro filho da rainha Elizabeth nega as acusações de Virginia e o palácio de Buckingham diz que as alegações são “falsas e sem nenhum fundamento”. Fotos dos dois no dos anos 2000 já foram divulgadas pela mídia.

Em entrevista à BBC, Andrew afirmou que não se lembra de conhecer a mulher e diz que, na noite em que ela alega que eles se encontraram, ele tinha ido a uma balada e voltado para casa em seguida.