Internacional Em carta  a Trump, Putin diz que Rússia está aberta ao diálogo

Em carta  a Trump, Putin diz que Rússia está aberta ao diálogo

Presidente russo diz que relações com EUA são o fator mais importante para fornecer estabilidade estratégica e segurança internacional

Em carta a Trump, Putin diz que Rússia está aberta ao diálogo

Putin enviou carta de Ano Novo a vários líderes

Putin enviou carta de Ano Novo a vários líderes

Marcos Brindicci/Reuters - 30.11.18

O presidente russo, Vladimir Putin, disse em uma carta de Ano Novo ao seu colega norte-americano, Donald Trump, que Moscou está pronta para dialogar sobre uma "ampla agenda", destacou o Kremlin.

No final de novembro, Trump cancelou abruptamente uma reunião planejada com Putin à margem de uma cúpula do G20 na Argentina, citando tensões envolvendo forças russas que abriram fogo contra barcos da marinha ucraniana.

"Vladimir Putin enfatizou que as relações (Rússia-Estados Unidos) são o fator mais importante para fornecer estabilidade estratégica e segurança internacional", disse um comunicado do Kremlin.

"Ele confirmou que a Rússia está aberta para o diálogo com os EUA em uma agenda mais ampla."

Carta para Assad

Em uma carta separada ao presidente sírio, Bashar al-Assad, Putin prometeu continuar ajudando o governo e a população na "luta contra o terrorismo, em defesa da soberania do Estado e da integridade territorial".

Putin também enviou cumprimentos de Ano Novo para outros líderes mundiais, incluindo as primeiras-ministras Theresa May, do Reino Unido, e Shinzo Abe, do Japão, assim como o presidente chinês, Xi Jinping.

Putin deseja "bem-estar e prosperidade para o povo britânico", disse o Kremlin.

Veja imagens do encontro entre Trump e Putin em julho: