Internacional Equador: Jovem cai de passarela e morre; testemunha acusa a polícia

Equador: Jovem cai de passarela e morre; testemunha acusa a polícia

Homem de 26 anos foi uma das três pessoas que caíram de uma passarela em Quito; testemunhas dizem que eles foram encurralados por policiais

Equador: Jovem cai de passarela e morre; testemunha acusa a polícia

Imagem mostra uma vítima caída ao lado da passarela

Imagem mostra uma vítima caída ao lado da passarela

Reprodução Twitter

Em meio aos protestos que tomaram conta do Equador nos últimos dias, um jovem morreu e outros dois ficaram feridos após caírem de uma passarela em San Roque, no centro histórico da capital, Quito. A queda aconteceu na tarde de segunda (7).

Segundo moradores que testemunharam o acidente, os três estavam sendo perseguidos na passarela por policiais estavam de moto e caíram ao tentar pular um portão que fechava sua passagem.

Leia também: Equador em estado de exceção por protestos contra pacote econômico

No vídeo abaixo, publicado no Twitter, um morador grita, acusando os policiais de terem empurrado os três jovens e os chama de "criminosos". As imagens mostram dois deles caídos na rua e pelo menos dez policiais como motos na passarela.

Os policiais, então, vão embora em suas motos e não fica claro se eles prestam socorro para os jovens acidentados que estão na via.

Queda fatal

Segundo uma entidade equatoriana de direitos humanos que denunciou a violência, o homem que morreu se chamava Marco Oto, tinha 26 anos e tinha atravessado a passarela para visitar a mãe. Na volta, ele e outros transeuntes teriam sido encurralados na passarela pela polícia.