Estados Unidos

Internacional Estados Unidos e Rússia conversam sobre troca de prisioneiros

Estados Unidos e Rússia conversam sobre troca de prisioneiros

Americanos desejam o retorno da jogadora Brittney Griner e do ex-fuzileiro Paul Whelan, enquanto russos receberiam Viktor Bout

AFP

Resumindo a Notícia

  • Antony Blinken e Serguei Lavrov conversaram por telefone sobre troca de prisioneiros
  • Blinken declarou que pressionou a Rússia a aceitar seu proposta
  • Troca envolveria a jogadora de basquete Brittney Griner e o ex-fuzileiro Paul Whelan
  • No acordo, Rússia receberia de volta Viktor Bout, preso por tráfico de armas
Da esquerda para a direita: Viktor Bout, Brittney Griner e Paul Whelan

Da esquerda para a direita: Viktor Bout, Brittney Griner e Paul Whelan

Mladen Antonov, Alexander Zemlianichenko, Nicolas Asfouri/AFP/Pool

O secretário de Estado americano, Antony Blinken, conversou com o ministro russo das Relações Exteriores, Serguei Lavrov, nesta sexta-feira (29), a quem pressionou a aceitar uma proposta de Washington para a libertação de americanos detidos na Rússia.

"Tivemos uma conversa franca e direta. Pressionei o Kremlin a aceitar a proposta substancial que apresentamos", disse Blinken a jornalistas.

Na quarta-feira (27), Blinken afirmou que pretendia entrar em contato com Lavrov na tentativa de garantir a libertação de dois americanos: a jogadora de basquete Brittney Griner e o ex-fuzileiro naval Paul Whelan.

Há várias semanas, os Estados Unidos fizeram uma proposta que, segundo a imprensa, inclui a troca dos dois americanos pelo traficante de armas russo preso Viktor Bout.

Blinken afirma que também pressionou Lavrov para que a Rússia cumpra um acordo negociado pela Turquia para a exportação de grãos ucranianos.

Em relação aos supostos planos de Moscou de anexar mais território da Ucrânia, Blinken relatou ter dito ao chanceler russo que "o mundo nunca reconhecerá a anexação".

Últimas