Internacional Existem 8 milhões de rifles AR-15 nos EUA; um está sendo rifado

Existem 8 milhões de rifles AR-15 nos EUA; um está sendo rifado

Time infantil de beisebol é alvo de críticas por fazer uma rifa que dará um rifle igual ao usado no massacre da Flórida

massacre Flórida

Rifle AR-15 como o do massacre da Flórida está sendo rifado por time de beisebol

Rifle AR-15 como o do massacre da Flórida está sendo rifado por time de beisebol

Reprodução/Twitter

Um rifle AR-15, similar ao utilizado no massacre da Flórida, semana passada, é o prêmio de uma rifa que está sendo realizada por um time infantil de beisebol do Missouri (EUA).

Segundo dados da NRA (sigla em inglês da Associação Nacional dos Fabricantes de Rifles dos Estados Unidos), existem atualmente mais de 8 milhões de armas desse tipo em circulação no país.

Massacres com AR-15

O AR-15 foi a arma usada por Nikolas Cruz, 19, acusado do massacre na escola Marjory Stoneman Douglas, em Parkland (Flórida), na última quarta-feira, que terminou com 17 mortos e pelo menos 14 feridos. 

No massacre de Las Vegas, em outubro de 2017, o atirador, Stephen Paddock, tinha 14 rifles desse tipo no quarto do hotel de onde atirou na multidão que assistia a um show de música country, matando 58 pessoas e ferindo 851.

Críticas à rifa

Por causa da discussão sobre porte de armas nos EUA após esses tiroteios, os responsáveis pelo sorteio na cidade de Neosho, no Missouri, vêm recebendo muitas críticas, segundo a rede de televisão ABC.

Em entrevista à emissora, o técnico da equipe, Levi Patterson, afirmou que o sorteio "ganhou uma atenção exagerada" e defendeu a ação, mesmo após o massacre de Parkland.

"Estou de coração partido pelas vítimas (na Flórida), e peço que todos rezem por elas", ele afirmou. A rifa, porém, continua à venda.

O sorteio, lançado antes do tiroteio na Flórida, tinha inicialmente o apoio de uma escola primária de Neosho. Uma imagem promocional trazia inclusive o logotipo do mascote da escola, mas foi apagada da página da rifa.

O rifle foi doado ao time pelo pai de um dos jogadores, que é dono de uma fábrica de armamentos da região, a Black Rain Ordinance.

Segundo a imprensa local, Patterson segue defendendo a realização da rifa, apesar de ter declarado que "nenhum dos meninos do time será obrigado a vender bilhetes, caso ele ou seus familiares se sintam desconfortáveis".

O técnico ainda havia afirmado que mensagens contra a rifa do rifle vinham de "grupos de ódio", mas depois mudou o tom da declaração, dizendo que as pessoas têm "direito a manifestar suas opiniões".

O AR-15 é uma das armas mais vendidas nos EUA; mais de 8 milhões de unidades vendidas

O AR-15 é uma das armas mais vendidas nos EUA; mais de 8 milhões de unidades vendidas

Getty Images

Massacres e mortes

De acordo com um levantamento feito pelo jornal USA Today, os rifles tipo AR-15 foram utilizados em pelo menos 12 massacres nos EUA neste século, com um total de 220 mortes.

Além de Parkland e Las Vegas, o rifle foi usado no massacre em uma casa noturna em Orlando, em 2016, que terminou com 49 mortos, assim como no tiroteio em uma igreja no Texas, no ano passado, com 26 vítimas fatais.

De acordo com especialistas ouvidos pelo jornal, o que atrai os consumidores para o AR-15, além do acesso fácil, é que é uma arma leve, fácil de manusear e de modificar.

É muito fácil adquirir cartuchos com capacidade para até 100 balas, ampliando a capacidade da arma, o que explica a preferência de uso pelos autores de tiroteios em massa.