Internacional Filhas de atriz pega em esquema de propina são expulsas de irmandade

Filhas de atriz pega em esquema de propina são expulsas de irmandade

Investigações comprovaram que a mãe, Lori Loughlin, havia pagado cerca de R$ 1,9 milhão para garantir que filhas entrassem em universidade de elite

Lori Loughlin foi pega em esquema de fraude

Lori Loughlin foi pega em esquema de fraude

Reprodução/Instagram

As filhas da atriz Lori Loughlin, envolvida no esquema de propina e fraude de admissão em faculdades de elite dos Estados Unidos, Olivia Jade e Isabella foram expulsas da sororidade que faziam parte na Universidade da Califórnia do Sul.

Segundo fontes da revista US Weekly, as duas eram membros da Kappa Kappa Gama, mas com o escândalo envolvendo a família, a sororidade decidiu manter distância das duas e da situação.

Lori Loughlin ficou conhecida pelo papel em Full House e a continuação Fuller House, da Netflix. Ela e o marido, o estilista Mossimo Giuannulli, foram descobertos no esquema milionário de fraude para admitir crianças privilegiadas em universidades de ponta.

Segundo a investigação, os dois pagaram US$ 500 mil, cerca de R$ 1,9 milhão, para que as duas filhas entrassem na faculdade. O chefe do esquema, William “Rick” Singer, afirmou que as duas praticavam remo, o que garantiu a admissão no time da universidade. A informação, porém, era falsa.

Além de Loughlin, a atriz Felicity Huffman, que participou da série Desperate Housewives, também foi descoberta. Loughlin e o marido recusaram o acordo no tribunal em que admitiria culpa. Com isso, eles foram acusados também de lavagem de dinheiro e conspiração e podem pegar 40 anos de prisão caso sejam condenados.

Olivia Jade e Isabella não estão frequentando a universidade, que decidiu suspender as matrículas enquanto as investigações continuarem.

Últimas