Internacional Foto de cachorros em teatro no Canadá toma conta da internet

Foto de cachorros em teatro no Canadá toma conta da internet

Cerca de uma dúzia de cachorros assistiram uma peça de teatro de Stratford no Canadá como parte do treinamento para cães-guia

Foto de cachorros em teatro no Canadá toma conta da internet

Cães-guia em treinamento acompanham peça no festival de Stratford, no Canadá

Cães-guia em treinamento acompanham peça no festival de Stratford, no Canadá

Divulgação

A foto acima, que mostra um grupo de cachorros assistindo pacientemente uma peça de teatro, viralizou na internet nas últimas semanas. Mas ao contrário do que se poderia imaginar, a peça não era "Cats".

Na verdade, os cachorros, mais de uma dúzia deles, assistiram uma montagem de "Billy Elliott" no festival de teatro de Stratford, no Canadá, como parte de seu treinamento como cães-guia.

Leia também: Cães ajudam na recuperação de vítimas após ataque a tiros nos EUA

"É importante preparar os cães para qualquer atividade que o dono possa querer participar", explicou Laura-Mackenzie, adestradora que levou os bichinhos ao teatro, em entrevista à rádio canadense CBC.

Performance acessível

Em Stratford, os cachorros assistiram a uma das chamadas "performances relaxadas" do festival, que fazem parte das políticas de acessibilidade e têm sons mais baixos e luzes mais suaves, para pais com crianças pequenas e público com necessidades especiaism, como autismo. 

"O teatro nos dá a oportunidade de expôr os cachorros a diferentes estímulos, como luzes, barulhos altos e movimentos. Nessa função, eles precisam ficar relaxados em espaços apertados por grandes períodos de tempo", disse ela.

Além disso, a experiência no teatro serve para que os cachorros se acostumem a outras situações que serão comuns quando eles forem cães-guia, como andar com segurança entre multidões, circular pelos corredores estreitos e ficar em cabines de banheiro. E fazem tudo isso ignorando distrações como comidas e outras pessoas.

Bons garotos

Segundo a porta-voz do festival, Ann Swerdfager, os bichinhos se comportaram muito bem do início ao fim da visita.

"Eles foram extremamente bem comportados. Estava no lobby quando chegaram. Eles sentaram nos lugares, saíram no intervalo e voltaram na hora certa, tudo que nós humanos aprendemos quando vamos ao teatro", contou.