Internacional Incêndio consome prédio do Parlamento da África do Sul

Incêndio consome prédio do Parlamento da África do Sul

Fogo se aproxima da catedral onde ontem foi realizado o funeral de Desmond Tutu, último herói da luta anti-apartheid

  • Internacional | Da AFP, com R7

Mais de 80 bombeiros tentam conter o fogo em prédio histórico da Cidade do Cabo

Mais de 80 bombeiros tentam conter o fogo em prédio histórico da Cidade do Cabo

RODGER BOSCH / AFP

Um grande incêndio destrói neste domingo a sede do Parlamento da África do Sul, na Cidade do Cabo. Dezenas de bombeiros tentam extinguir sem resultado. 

Imagens aéreas de redes de televisão mostram enormes chamas emergindo do teto. Esse grande edifício vitoriano, com vários anexos, está envolto em uma espessa nuvem de fumaça preta.

Ainda não se tem notícias sobre vítimas.

As ruas do bairro residencial onde está localizado o parlamento foram fechadas. O cordão de segurança se estende às flores ainda expostas no átrio da vizinha Catedral de Saint-Georges, onde o funeral de Desmond Tutu, o último herói da luta anti-apartheid, morto em 26 de dezembro, foi realizado no dia anterior. Na mesma manhã suas cinzas foram enterradas na igreja, durante uma cerimônia privada.

Espessa coluna de fumaça

O incêndio começou em um antigo prédio do Parlamento por volta das 3h.

"O telhado pegou fogo e o prédio da Assembleia Nacional também pegou fogo", disse à AFP um porta-voz da segurança da cidade, Jean-Pierre Smith, que pediu reforços.

Uma espessa coluna de fumaça era visível a vários quilômetros de distância, de acordo com jornalistas da AFP. Pessoas na Cidade do Cabo compartilharam fotos do incêndio nas redes sociais.

Uma equipe de 30 bombeiros foi a primeira a chegar ao local e combateu o incêndio por várias horas, antes de ter que recuar devido à intensidade do fogo, e chamar reforços.

Horas depois de o incêndio ser visível da rodovia, caminhões de bombeiros de reserva chegaram. Cerca de 80 bombeiros estão atualmente em cena.

De um guindaste, bombeiros com mangueiras de água tentaram acalmar as chamas.

“O fogo não foi controlado e há rachaduras nas paredes”, acrescentou Smith.

“O incêndio está atualmente no terceiro andar e os primeiros sinais sugerem que começou nos escritórios antes de se espalhar para o ginásio”, explicou.

Os bombeiros temem que o fogo se espalhe rapidamente nos antigos salões do parlamento, adornados com grossos tapetes e cortinas. A origem exata do incêndio ainda não é conhecida.

Construção histórica

Neste enorme edifício vitoriano de tijolo vermelho e fachada branca, o último presidente da era do apartheid, FW de Klerk, anunciou em fevereiro de 1990 o fim do regime racista.

A Cidade do Cabo já sofreu um grande incêndio em abril, na Table Mountain, que destruiu os tesouros da biblioteca de uma prestigiosa universidade.

A Cidade do Cabo é a sede do Parlamento, composta pela Assembleia Nacional e uma câmara alta chamada Conselho Nacional das Províncias. O governo é baseado em Pretória.

Últimas