Internacional Jogador de futebol afegão morre após cair de avião dos EUA

Jogador de futebol afegão morre após cair de avião dos EUA

Zaki Anwari, que defendeu seleções de base do Afeganistão, foi uma das pessoas que morreram no aeroporto de Cabul

Jogador das categorias de base do Afeganistão está entre as vítimas do aeroporto de Cabul

Jogador das categorias de base do Afeganistão está entre as vítimas do aeroporto de Cabul

Reprodução

Zaki Anwari, um jovem jogador de futebol que jogou nas categorias de base da seleção do Afeganistão, sofreu uma queda fatal depois de tentar viajar segurando-se a um avião norte-americano que decolava de Cabul após a queda do governo e a tomada da capital pelos talibãs, informou nesta quinta-feira (19) a Direção-Geral de Educação Física e Esportes do país.

Leia também: Conheça o Talibã, grupo radical que está no controle do Afeganistão

"Anwari, como milhares de jovens afegãos, queria deixar o país, mas caiu de um avião americano e morreu", explicou a agência em um comunicado postado no Facebook.

Milhares de afegãos se dirigiram para o aeroporto nesta semana para emigrar após a ofensiva dos talibãs que levou à tomada do poder após a fuga do presidente Ashraf Ghani.

Afegãos tentaram se agarrar a avião dos EUA

Afegãos tentaram se agarrar a avião dos EUA

Reprodução

Em um vídeo comovente filmado na segunda-feira na pista, centenas de pessoas são vistas correndo ao lado de um avião da Força Aérea dos Estados Unidos se preparando para decolar, e várias delas tentam se segurar ao avião.

Outras imagens parecem mostrar duas pessoas sofrendo uma queda fatal de um avião C-17 após a decolagem.

Restos mortais foram encontrados posteriormente no trem de pouso, confirmaram os militares americanos, acrescentando que estão investigando possíveis mortes ligadas à decolagem do C-17.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, é criticado em seu país e internacionalmente pela forma como as tropas do país foram retiradas do Afeganistão e, acima de tudo, porque seu governo aparentemente não estava preparado para o rápido ataque dos talibãs ao poder.

As lembranças do regime brutal imposto por este nos anos 1990, durante o qual a música e a televisão foram proibidas, havia apedrejamentos e as mulheres ficaram confinadas em suas casas, semearam o pânico na população.

Últimas