Internacional Massacre da Flórida: atirador é indiciado por 17 assassinatos 

Massacre da Flórida: atirador é indiciado por 17 assassinatos 

Nikolas Cruz foi formalmente indiciado por 17 assassinatos e 17 tentativas de homicídio cometidos na escola Marjory Stoneman Douglas

Massacre da Flórida

Nikolas Cruz durante uma audiência preliminar: atirador responderá por 34 crimes

Nikolas Cruz durante uma audiência preliminar: atirador responderá por 34 crimes

Reuters / Mike Stocker / 19.2.2018

Nikolas Cruz, 19, autor do massacre de 24 de fevereiro na Flórida, foi indiciado nesta quarta (7) por um total de 34 crimes: 17 assassinatos premeditados e 17 tentativas de homicídio.

As primeiras audiências do julgamento começaram esta semana. Na terça, 12 testemunhas foram ouvidas pelos membros do júri. Nesta quarta, foi a vez de James e Kimberly Snead, o casal que havia abrigado Cruz nos três meses antes do crime.

Confissão

Cruz já havia confessado formalmente que, no dia 14 de fevereiro, entrou na escola secundária Marjory Stoneman Douglas, em Parkland (Flórida) com um rifle modelo AR-15. Ele acionou os alarmes de incêndio e abriu fogo contra alunos e professores.

Na tragédia, 17 pessoas morreram e outras 17 ficaram feridas. Caso seja condenado por todos os assassinados, Cruz pode chegar a pegar pena de morte, que é legalizada na Flórida.