Internacional Turquia busca por cerca de 180 pessoas soterradas após terremoto

Turquia busca por cerca de 180 pessoas soterradas após terremoto

Autoridades turcas confirmam 39 mortes e mais de 800 feridos até agora; tremor de 7 graus na escala Richter teve epicentro no Mar Egeu

  • Internacional | Do R7, com EFE

Equipe de resgate trabalham na busca por vítima em escombros de prédios

Equipe de resgate trabalham na busca por vítima em escombros de prédios

EFE/EPA/ERDEM SAHIN

A Turquia mantém, neste sábado (31), as buscas em meio aos escombros dos edifícios que desabaram após um terremoto de 7 graus na escala Richter ocorrido na véspera. Segundo as autoridades do país, 180 pessoas estariam sob os escombros. Os dados atualizado durante a tarde confirmam a morte 39 pessoas.

Segundo a agência de notícias turca AA, 880 pessoas ficaram feridas, sendo 831 apenas na cidade de Izmir e região.

O ministro da saúde do país, Fahrettin Koca, informou que 243 pessoas foram levadas para hospitais, sendo que sete estão internadas em unidades de tratamento intensivo, as chamadas UTIs, três delas estão em estado crítico.

Idosa é resgatada de escombros 14 horas após terremoto na Turquia

O epicentro do tremor de terra foi no fundo do mar Egeu e, por isso, a cidade de Izmir, que fica no litoral turco, foi a mais afetada.

Dos 17 prédios que vieram ao chão, nove tiveram o trabalho de busca por vítimas e feridos concluído. Estima-se que cerca de 100 pessoas foram resgatadas com vida nesses locais. 

Brasileiros que vivem na Turquia relatam medo durante terremoto

As equipes conseguiram retirar dos escombros de um prédio uma mãe e os quatro filhos, depois que a matriarca conseguiu manter contato por horas com a equipe de resgate. Ainda não há informação sobre o estado de saúde da família.

"Advertimos aos cidadãos para que não entrem nos edifícios danificados", pediu o chefe do governo municipal, em alerta para que haja ainda mais afetados pela tragédia.

Veja as imagens momentos após o terremoto no mar Egeu:

Últimas