Internacional União Europeia parabeniza Chile por plebiscito por nova Constituição

União Europeia parabeniza Chile por plebiscito por nova Constituição

O comunicado da União Europeia destaca que seguirá sendo um 'sócio duradouro' do Chile e que apoia o país no 'caminho escolhido pelo povo'

Comemoração após resultado do plebiscito em Santiago, no Chile

Comemoração após resultado do plebiscito em Santiago, no Chile

Reprodução/ Reuters/ 26.10.2020

A União Europeia (UE) emitiu mensagem de parabéns para o Chile, por causa da realização do plebiscito em que a população decidiu substituir a atual Constituição do país, redigida durante a ditadura de Augusto Pinochet.

"A UE felicita o povo chileno por participar maciçamente no referendo para uma nova constituição, apesar das circunstâncias difíceis causadas pela pandemia da Covid-19", disse o Alto Representante da UE para a Política Externa, Josep Borrell.

Leia mais: Chile aprova plebiscito histórico: por que é tão polêmica a Constituição que 78% dos chilenos decidiram trocar

Para o político espanhol, se tratou de uma "resposta democrática às demandas expressas pelos cidadãos no último ano e envia uma clara mensagem em favor de uma mudança política".

Mais de 14,7 milhões de chilenos foram convocados para ir às urnas e votar no plebiscito, realizado com rígidas normas de segurança, para evitar a propagação do novo coronavírus.

"O povo chileno expressou o claro desejo de começar um processo de redigir uma nova Constituição, por uma Assembleia Constitucional eleita com paridade de gênero garantida", indicou o texto divulgado pela UE.

"Sócio duradouro"

De acordo com Borrell, se tratou de um passo histórico e uma "oportunidade única de impulsionar a unidade entre todos os chilenos, reforçar o diálogo sobre o futuro do país e promover um desenvolvimento mais sustentável, igualitário, coesivo e inclusivo".

O comunicado da União Europeia destaca que seguirá sendo um "sócio duradouro" do Chile e que apoia o país no "caminho escolhido pelo povo".

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, também enviou uma mensagem, pelo Twitter, ao povo chileno e destacou que o processo para uma nova Constituição aconteceu de forma "exemplar, pacífica e democrática".

"Com a liderança do povo chileno, o Chile começa uma nova era para sua democracia", disse.

Últimas