Minas Gerais BH confirma quatro mortes por dengue e primeiro caso de zika

BH confirma quatro mortes por dengue e primeiro caso de zika

Balanço da Secretaria Municipal mostra, ainda, que a capital mineira já registrou mais de 10 mil casos de dengue, outros 33 mil são investigados 

BH registra primeiras mortes pela doença em 2019

BH registra primeiras mortes pela doença em 2019

ONU/Aiea/Dean Calma

A Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte confirmou nesta sexta-feira (10) as quatro primeiras mortes causadas por dengue e o primeiro caso de zika vírus na cidade.

Com relação à dengue, a prefeitura informou que dois dos quatro óbitos ocorreram em pacientes que já tinham outras doenças que contribuíram para complicações nos quadros dos pacientes. 

Até o momento, foram confirmados 10.490 casos de dengue em Belo
Horizonte e outros 33.546 casos estão sendo investigados. Foram descartados 7.121 casos.

A prefeitura também confirmou o primeiro caso de zika vírus na cidade. Conforme balanço da Secretaria Municipal de Saúde, 53 casos estão sendo investigados e outros 65 já foram descartados. 

Com relação à febre chikungunyam foram notificados 141 casos em moradores de Belo Horizonte. Desses, 16 foram confirmados, dentre os quais, seis contraídos no município, seis importados e quatro foram contraídos em locais com origem indefinida. Há 125 casos em investigação para a doença.

Centros de saúde

Neste sábado (11), além das três unidades de saúde exclusivas para pacientes com dengue, outros três centros de saúde vão funcionar entre 8h e 17h para atender a população que apresentar sintomas da doença. São eles:

- Centro de Saúde São Bernardo – Norte
Rua Vasco da Gama, 334 – São Bernardo

- Centro de Saúde Santa Terezinha- Pampulha
Rua Senador Virgílio Távora, 157 – Santa Terezinha

- Centro de Saúde Andradas – Venda Nova
Rua Mariana Amélia de Azevedo, 21 – São João Batista