Minas Gerais Câmeras mostram mulher usando uma criança para furtar loja em BH

Câmeras mostram mulher usando uma criança para furtar loja em BH

Suspeita finge olhar roupas enquanto procura algo de valor no balcão da loja; ela dá um sinal para a criança, que entra no balcão e pega um celular

  • Minas Gerais | Helen Oliveira, da Record TV Minas

Imagem mostra criança entregando celular à mulher

Imagem mostra criança entregando celular à mulher

Reprodução / Record TV Minas

Uma mulher é suspeita usar uma criança para cometer furtos em lojas da região central de Belo Horizonte.

Imagens das câmeras de segurança de uma loja de roupas femininas mostra o momento em que a suspeita entra no estabelecimento junto com a criança, que aparenta ter menos de 10 anos de idade. Fingindo olhar as roupas expostas na parede, ela chega até o fundo da loja.

A suspeita olha para o interior do balcão diversas vezes, procurando algum objetivo de valor. No momento seguinte, ela dá um toque nas costas da criança, como se estivesse dando um sinal.

O menino se agacha, entra no balcão e pega um celular que estava carregando. Na volta, ele entrega o telefone para mulher, que guarda o aparelho dentro da bolsa e sai da loja.

Veja: Comerciantes de bairro de BH denunciam aumento de violência

Uma das vendedoras da loja, Marilene Pereira da Silva, conta que a suspeita aproveitou o momento que ela havia saído do caixa para atender o cliente.

— Eu devo ter ficado fora do caixa por uns 10 minutos. Quando eu voltei, o aparelho já não estava mais lá. Logo desconfiamos que havia sido um roubo.

Além das diversas câmeras espalhadas pelo espaço, a loja também tem um segurança, que foi contratado justamente para evitar roubos. Uma outra vendedora, Aparecida Martins, conta que os furtos na região são frequentes, mas nunca tinha visto um caso envolvendo crianças.

— Uma criança devia estar sendo educada, e não fazendo isso. Imagina o futuro desta criança. Eu fiquei indignada.

Veja: Operação combate roubo de celulares no Centro de BH

Além do prejuízo pelo furto do aparelho, a loja perdeu o telefone de diversos clientes, que faziam contato com o estabelecimento pelo número do celular. As vendedoras registraram um boletim de ocorrência denunciando um caso. Em nota, a Polícia Civil informou que vai analisar as imagens e apurar o crime.

Últimas