Casal é preso suspeito de agredir bebê de 9 meses em Belo Horizonte

Menina está internada em estado gravíssimo há uma semana, em Contagem (MG); médicos suspeitaram de agressões e acionaram a polícia

Filha estava sob os cuidados do padrasto, disse a mãe

Filha estava sob os cuidados do padrasto, disse a mãe

Reprodução / Record TV Minas

Um casal foi preso, nesta sexta-feira (17), suspeito de agredir um bebê de 9 meses, que está internado há uma semana em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. As informações foram divulgadas pela Polícia Civil neste sábado (18).

A menina, que não teve a identidade divulgada, está em estado gravíssimo no CTI (Centro de Tratamento Intensivo) pediátrico do Hospital Municipal de Contagem.

A mãe da criança, uma jovem de 25 anos, foi encontrada na casa de uma amiga e o marido dela, padrasto da garota supostamente agredida, estava no imóvel onde a família mora.

A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente começou a investigar o caso após ser acionada pelos médicos do hospital para onde o bebê foi levado pelo casal na última semana. A criança deu entrada na unidade com dificuldades respiratórias, mas os especialistas perceberam marcas no pescoço da menina.

Em entrevista dada à Record TV Minas, sem se identificar, a mãe da criança contou que a filha estava sob os cuidados do padrasto enquanto ela descansava. Já o marido dela, Luis Felipe Pereira, alegou que percebeu que o bebê estava “mole” quando a mãe foi dar banho na menina.

Segundo a Polícia Civil, 10 testemunhas foram ouvidas pelos investigadores, assim como os suspeitos. O inquérito deve ser concluído nos próximos dias. 

Relembre o caso: