Minas Gerais Chuvas já causaram oito mortes em Minas Gerais desde outubro

Chuvas já causaram oito mortes em Minas Gerais desde outubro

Somente nos quatro primeiros dias do ano, foram seis mortes registradas em BH, Capitólio e Muriaé, de acordo com Defesa Civil 

  • Minas Gerais | Lucas Pavanelli, do R7

Resumindo a Notícia

  • Somente em 2021 foram seis mortes, de acordo com a Defesa Civil estadual
  • Duas mortes não foram contabilizadas oficialmente, em Muriaé e Capitólio
  • Primeira morte foi registrada em outubro, em Carmo do Rio Claro
  • Capitólio é a cidade com maior número de óbitos até o momento: 3
Chuvas também causaram estragos em outras cidades, como Nova Era (MG)

Chuvas também causaram estragos em outras cidades, como Nova Era (MG)

Divulgação / CBMMG

Minas Gerais registra ao menos oito mortes causadas em decorrência das chuvas desde o início do período chuvoso, em outubro do ano passado. Apenas nos quatro primeiros dias de 2021, seis pessoas morreram afogadas ou devido a enxurradas ou soterramentos causados pelo excesso de chuvas. 

A Defesa Civil de Minas Gerais contabiliza, oficialmente, seis mortes em decorrência das chuvas, nas cidades de Belo Horizonte, Capitólio (2), Carmo do Rio Claro, Muriaé e Pedras de Maria da Cruz.  

Não entraram no balanço, ainda, a morte de uma mulher, que foi soterrada em sua própria casa em Muriaé, a 310 km de Belo Horizonte, na manhã desta segunda-feira, e duas mortes de pessoas atingidas por uma cabeça d'água em Capitólio, a 285 km da capital mineira. Neste último, foram três óbitos registrados, mas apenas um consta no boletim do órgão. 

Ainda segundo a Defesa Civil estadual, o período chuvoso ainda deixa um saldo de cinco pessoas feridas, 115 desabrigadas e 580 desalojadas.

Confira os óbitos no período chuvoso em Minas Gerais:

Outubro: 

- Carmo do Rio Claro (1): um jovem de 22 anos foi atingido por um raio quando tentava empurrar o carro até um posto de gasolina. 

Novembro: 

- Pedras de Maria da Cruz (1): um adolescente de 17 anos foi arrastado por uma enxurrada e caiu em um bueiro. O caso foi em 19 de novembro.

Janeiro: 

- Belo Horizonte (1): um adolescente foi arrastado por uma enxurrada no dia 2 de janeiro depois de tentar atravessar uma rua de bicicleta.
- Capitólio (3): três pessoas morreram após uma cabeça-d'água atingir uma região de cachoeiras na cidade no dia 2 de janeiro. 
- Muriaé (2): um homem de 51 anos foi arrastado por uma enxurrada no dia 1º de janeiro e uma mulher foi soterrada dentro de casa após uma encosta ceder no dia 4 de janeiro. 

Últimas