Minas Gerais Diretor da BHTrans é afastado para investigação sobre auditoria

Diretor da BHTrans é afastado para investigação sobre auditoria

Na última semana, Daniel Couto disse à CPI na Câmara de BH que consultoria não avaliou toda documentação de empresas de ônibus

Couto era responsável por fiscalizar a auditoria

Couto era responsável por fiscalizar a auditoria

Reprodução / Redes sociais

A BHTrans (Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte) anunciou, nesta segunda-feira (28), o afastamento do diretor de Planejamento e Informação, Daniel Marx Couto.

Segundo a companhia que controla o serviço de trânsito e transporte na capital mineira, o objetivo é "levantar informações e esclarecimentos técnicos relativos à execução do Contrato celebrado com a empresa Maciel Consultores LTDA".

Na última semana, Couto disse à CPI da BHTrans, na Câmara de Belo Horizonte, que a empresa de consultoria fez um trabalho por amostragem e não analisou todos os documentos das empresas de ônibus ao fazer um levantamento em 2018 sobre os custos do serviço de transporte da cidade. Na época, a Maciel indicou que o valor da tarifa deveria ser 56%.

Após as declarações, abriu uma investigação para apurar possíveis irregularidades no contrato com a empresa responsável pela auditoria. Na época, Couto era responsável por fiscalizar o trabalho, mas alegou aos vereadores que não era possível averiguar toda a documentação devido ao volume de páginas e avaliou que seria um "retrabalho".

Últimas