Minas Gerais Influencer com autismo perde R$ 2.300 ao cair em golpe de seguidor

Influencer com autismo perde R$ 2.300 ao cair em golpe de seguidor

Jovem de 21 anos havia feito uma vaquinha virtual para comprar peça para computador, mas foi enganado; mãe tenta reaver valor

  • Minas Gerais | Kiuane Rodrigues, da Record TV Minas

Um influenciador digital com mais de 300 mil seguidores nas redes sociais e que tem espectro autista perdeu R$ 2.300 após cair em um golpe de um estelionatário na internet. O valor havia sido arrecadado por meio de doações de seus fãs em uma vaquinha virtual.

Arthur Oliveira, de 21 anos, mora em Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte. Ele começou a publicar vídeos divertidos nas redes sociais em novembro do ano passado, após a mãe, Renata dos Santos Oliveira, perceber que a atividade poderia distrair o filho durante o isolamento na pandemia. Desde então, soma mais de 300 mil seguidores em um aplicativo, onde divulga conteúdo sobre o dia a dia de um adulto com autismo.

O jovem é aficionado em tecnologia e, segundo a mãe, aprendeu a programar sozinho, assistindo vídeos na internet. Oliveira decidiu criar um jogo, mas as configurações do computador que possui não permitem o uso de programas avançados. Por isso, ele e a mãe decidiram criar uma vaquinha virtual para arrecadar o valor necessário para equipar a máquina.

Jovem afirma que está decepcionado com a ação

Jovem afirma que está decepcionado com a ação

Reprodução / Record TV Minas

Durante a campanha, um seguidor de Arthur, que se apresentou como vendedor de produtos de tecnologia, entrou em contato. O suposto vendedor afirmou ter se comovido com a história e prometeu vender uma placa de vídeo à preço de custo. Renata, mãe do jovem, depositou o valor para o golpista, que não enviou o produto.

— Esse seguidor veio e se ofereceu para ajudar. A placa custaria R$ 4.300 e ele deu um bom desconto. Eu depositei o dinheiro para ele, mas, infelizmente, tivemos essa decepção.

Veja: Página falsa usa imagem do Portal R7 para aplicar golpes na internet

Renata entrou em contato com o suspeito por um aplicativo de mensagens. O estelionatário deu várias desculpas para justificar o suposto atraso na entrega e, por fim, bloqueou o contato da mulher. Renata afirma estar extremamente triste com o ocorrido.

— O dinheiro faz falta, mas a maior decepção foi com o ser humano. Eu ainda questionei ele, se ele teria certeza de que faria isso com o Arthur. Desde então, ele não me respondeu mais.

A Polícia Civil informou, em nota, que o caso já foi registrado e que será apurado pelos investigadores.

Últimas