Minas Gerais Lista de servidores da saúde vacinados em MG tem 2.684 nomes

Lista de servidores da saúde vacinados em MG tem 2.684 nomes

CPI vai comparar nomes com a investigação do MP e separar os casos que poderiam ser enquadrados como "fura-fila"

CPI investiga casos de servidores que não deveriam ter sido imunizados

CPI investiga casos de servidores que não deveriam ter sido imunizados

Divulgação/ALMG/Luiz Sant’Ana

A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) dos Fura-Fila, que investiga os casos de irregularidades no processo de vacinação de servidores da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, chegou a uma lista com nomes de 2.684 funcionários da pasta que teriam sido imunizados contra a covid-19. 

Os nomes foram encaminhados pelas Superintendências Regionais de Saúde no interior do Estado desde a instalação da CPI. A lista foi consolidada nesta semana. 

Isso não significa que todos eles "furaram" a fila da vacinação, já que há casos de servidores que estão incluídos nos critérios definidos pelo PNI (Plano Nacional de Imunização) por se trataram de profissionais da linha de frente no combate à doença. Mas a lista é considerada, pela comissão, como porta de entrada para a apuração e definição dos casos em que houve irregularidades. 

A partir de agora, o colegiado vai comparar a lista com a que foi obtida pelo Ministério Público, que também investiga o caso. 

Listas

A primeira lista encaminhada para a Assembleia de Minas com nomes de servidores da SES-MG que foram vacinados continha nomes de 828 pessoas. Em seguida, a própria secretaria revelou que mais 1.852 também tinham sido vacinados nas Unidades Regionais de Saúde espalhadas pelo interior do Estado. 

Últimas