Minas Gerais Metade do Estado de Minas está na onda verde do "Minas Consciente"

Metade do Estado de Minas está na onda verde do "Minas Consciente"

Com o avanço de mais quatro macrorregiões, metade do estado fica na fase mais flexível do plano, que teve a adesão de 656 cidades

Metade do estado está na onda verde do Minas Consciente

Metade do estado está na onda verde do Minas Consciente

Reprodução / Imprensa MG

O comitê de combate à covid-19 em Minas Gerais definiu, na última quarta-feira (14), que metade das macrorregiões do Estado está na onda verde do Minas Consciente, plano que orienta o funcionamento dos comércios e serviços nas cidades mineiras durante a pandemia.

De acordo com o Governo de Minas, as macrorregiões do Triângulo do Norte, Sudeste, Nordeste e Centro foram autorizadas a avançar para a fase mais permissiva do plano, enquanto as região do Triângulo do Sul, Centro-Sul, Norte e Jequitinhonha se mantiveram nesse estágio.

Veja: Mais 104 cidades de MG poderão liberar bares, shows e lazer

A onda verde é a fase mais avançada do Minas Consciente, e prevê o retorno de atividades escolares, abertura de parques, cinemas, zoológicos, museus e a realização de shows em bares. Para avançar à onda verde, as macrorregiões precisam estar há 28 dias seguidos na onda amarela, sem recuos neste período.

Minas Consciente

O plano foi lançado no fim de abril pelo Governador do Estado, Romeu Zema (Novo). Inicialmente, haviam quatro ondas mas, atualmente, conta com apenas três: verde, amarela e vermelha, sendo a última a mais restritiva,  com apenas o funcionamento dos serviços essenciais.

Em julho, a Justiça de Minas Gerais determinou que as cidades que não aderissem ao programa deveriam permitir a abertura apenas do comércio essencial. Muitas cidades, inclusive a capital Belo Horizonte, decidiram criar seus próprios planos de retomada comercial. No fim de setembro, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Alexandre de Moraes, derrubou a decisão.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Pablo Nascimento.

Últimas