Minas Gerais MG anuncia chegada de 133 mil medicamentos para intubação

MG anuncia chegada de 133 mil medicamentos para intubação

Estado tem dificuldade para manter estoques de remédios necessários para intubação de pacientes internados em UTIs

Medicamentos chegam ao Estado na tarde deste sábado (17)

Medicamentos chegam ao Estado na tarde deste sábado (17)

Divulgação/Imprensa MG/ Ingrid Vasconcelos

O Governo de Minas anunciou, neste sábado (17), a chegada de uma remessa de medicamentos do chamado "kit intubação", que serão destinados a 25 hospitais do Estado que estão com estoque "crítico" dos remédios, necessários para manter pacientes intubados em leitos de terapia intensiva. 

De acordo com a SES-MG (Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais) os hospitais contemplados com essa remessa de 133 mil ampolas de medicamentos só têm estoque para, no máximo, mais três dias e estão em nível considerado "crítico".

Conforme o anúncio do Governo de Minas, dentre as 133.215 unidades de medicamentos estão  midazolam, propofol e besilato de cisatracúrio - itens essenciais à sedação dos pacientes - e foram enviados pelo Ministério da Saúde e pelo próprio governo estadual, por meio de compra direta.

Estoque

Ainda de acordo com a SES-MG, o estoque dos "kits intubação" encontram-se em "nível não recomendável para o enfrentamento da pandemia", mesmo com a chegada destes insumos.

"As unidades hospitalares, que antes trabalhavam com estoque de 60 dias ou mais, enfrentam dificuldades no abastecimento", afirma a pasta.

Recentemente, o governador Romeu Zema (Novo) criticou uma medida do Ministério da Saúde, que fez uma requisição administrativa para compra dos estoques produzidos pela indústria farmacêutica. Segundo Zema, a medida dificulta a compra direta pelos hospitais no mercado. 

A SES-MG requisitou aos hospitais públicos e privados que informem, semanalmente, os estoques de insumos para criar uma Rede Solidária. Com isso, a pasta faz o remanejamento dos estoques para atender hospitais em nível mais crítico. 

Confira a relação de medicamentos que chegam a Minas hoje:

Midazolam - 70.650 unidades
Propofol - 19.865 unidades
Besilato de cisatracúrio - 17.700 unidades
Midazolam - 25.000 unidades (compra pelo Estado)

Total: 133.215 unidades

Últimas