Minas Gerais MG tem todas as regiões na 'onda verde' pela 1ª vez na pandemia

MG tem todas as regiões na 'onda verde' pela 1ª vez na pandemia

Fase mais flexível do Minas Consciente permite público maior em eventos e comércios; casos da doença caíram com vacinação

  • Minas Gerais | Lucas Pavanelli e Célio Ribeiro*, do R7

Todas as macrorregiões estão na onda verde

Todas as macrorregiões estão na onda verde

Reprodução / Agência Minas

O Governo de Minas anunciou, nesta quinta-feira (9), que a macrorregião Triângulo do Sul vai avançar da "onda amarela" para a "onda verde" do plano Minas Consciente. Com isso, todas as regiões do Estado estão na fase mais flexível do programa pela primeira vez desde quando ele foi lançado, no início da pandemia.

De acordo com os dados do Comitê Extraordinário Covid-19, grupo que orienta as decisões do Estado durante a pandemia, a taxa de incidência da doença, que é calculada pelo número de novos casos por 100 mil habitantes, caiu 37% na última semana e 44% nos 14 dias anteriores. Foi durante este período de redução nos casos que Minas deixou de ter cidades na onda vermelha pela primeira vez desde março.

O número de internações pela covid-19 caiu 35% no último mês. O secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti, esclarece que as seguidas reduções nos indicadores da pandemia são um reflexo do avanço da vacinação no Estado. Pelo menos 40% dos adultos já completaram o esquema vacinal.

— É uma tendência que deve continuar. Isso mostra e reforça a importância da imunização no controle da pandemia no Estado.

Regras da onda verde

Nesta fase do Minas Consciente, é permitido o funcionamento de todo tipo de comércio e atividades culturais, havendo apenas restrições no modo de operação. Em espaços fechados, a capacidade máxima é de 50% e, em locais ao ar livre, não há limite de público, mas é necessário respeitar o distanciamento mínimo de 1,5 m.

Os eventos podem durar, no máximo, 12 horas, e todos os presentes precisam passar por aferição de temperatura. Nos casos de grandes eventos, com mais de 600 pessoas, o público precisa apresentar carteira de vacinação comprovando a aplicação das duas doses do imunizante contra a covid-19 ou exame comprovando ter tido a doença nos 90 dias anteriores. O protocolo completo do Minas Consciente pode ser consultado neste link.

Covid-19 em MG

Até esta quinta-feira (9), Minas Gerais já confirmou 2.088.668 casos da doença e 53.424 mortes. Outras 36.942 pessoas seguem em acompanhamento. Pelo menos 25 pessoas aguardam, atualmente, por uma vaga de terapia intensiva no Estado. A ocupação das UTIs exclusivas para pacientes com a doença é de 27,43%

Confira o avanço da vacinação pelo Brasil:

*​Estagiário do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli.

Últimas