Minas Gerais Mulher cai em golpe de motorista de app em BH e perde mais de R$ 2 mil

Mulher cai em golpe de motorista de app em BH e perde mais de R$ 2 mil

Motorista disse que cliente havia cancelado a corrida e se ofereceu para levar mulher em casa; a corrida deu R$ 12, mas a vítima foi cobrada em R$ 2.398

Uma professora de Belo Horizonte caiu em um golpe ao tentar solicitar uma corrida por um aplicativo de transporte. Ao invés de pagar o valor previsto de R$ 12, ela acabou sendo cobrada em quase R$ 2.500.

Rose Mary Horta conta que tinha acabado de fazer um exame e estava na porta da clínica aguardando a chegada de um carro. Neste momento, ela foi abordada por um homem que dizia ser motorista de aplicativo, mas que teve uma corrida cancelada pelo cliente e se ofereceu para levá-la em casa.

Rose aceitou a oferta de fazer a corrida com ele, mesmo tendo achado estranho.

— Ele falou que a cliente cancelou a corrida e disse para eu ir com ele. Eu estava cansada, querendo ir para casa e achei que seria mais rápido ir com ele de uma vez.

Veja: Motorista de aplicativo é atacado com seringa durante assalto em BH

Ao chegar no local de destino, o motorista informou que a corrida havia ficado em R$ 12. Ela pediu para pagar no débito, mas ele acabou passando o valor no crébito. Ao chegar em casa, Rose percebeu que havia chegado a mensagem de confirmação do banco, mas com um valor completamente diferente.

— Quando eu cheguei em casa e dei uma olhada no valor, estava lá R$ 2.398,98.

Imagem mostra suspeito de aplicar golpe em professora

Imagem mostra suspeito de aplicar golpe em professora

Reprodução / Record TV Minas

Na hora da corrida, a vítima não perguntou o nome do motorista, nem anotou a placa do veículo. Ela conseguiu imagens da câmera de segurança da clínica que mostram o motorista e levou até a Polícia Civil, onde registrou um boletim de ocorrência. A vítima, agora, tenta pedir o estorno do valor.

— Estou correndo atrás para ver se consigo o valor de volta, mas não sei se vou conseguir. Agora eu quero que o suspeito seja identificado, até para que outras pessoas não caiam neste golpe.

Veja: Motorista de BH leva golpe e fica sem o dinheiro do FGTS Emergencial

Em nota, a Polícia Civil informou que abriu um inquérito para investigar o caso. O órgão orienta que as vítimas desse tipo de crime não deixem de registrar o boletim de ocorrência.

Últimas