Minas Gerais Oito regiões de MG estão na 'onda vermelha' do Minas Consciente

Oito regiões de MG estão na 'onda vermelha' do Minas Consciente

As regiões Centro e Triângulo do Sul recuaram da onda amarela para a vermelha e terão regras um pouco mais rígidas

Região Centro, onde está BH, regrediu para onda vermelha

Região Centro, onde está BH, regrediu para onda vermelha

Reprodução/RecordTV Minas

O Comitê de Enfrentamento à Covid-19 do Governo de Minas determinou que as regiões Centro e Triângulo do Sul regridam, a partir do próximo sábado (13) para a "onda vermelha" do programa Minas Consciente.

Mesmo sendo essa a fase mais restrita do programa, todos os estabelecimentos podem abrir, mas com limite de ocupação de 50% e com distanciamento de três metros entre as pessoas. Na onda vermelha, os municípios que aderiram ao programa poderão permitir a organização de eventos com até 30 pessoas. 

Ao todo, são oito regiões classificadas na fase vermelha: Centro, Triângulo do Sul, Triângulo do Norte, Noroeste, Nordeste, Jequitinhonha, Leste do Sul e Sul. 

Outras seis regiões estão classificadas na onda amarela: Norte, Sudeste, Oeste, Centro-Sul , Leste e Vale do Aço. Essas três últimas avançaram da onda vermelha para a onda amarela. Não há nenhuma região na onda verde, que permite maior flexibilidade para a realização de eventos e para a ocupação de estabelecimentos. 

Avanço da covid-19

De acordo com o Governo de Minas, o número de casos e mortes relacionadas à doença aumentaram em 5,3% e 6%, respectivamente, no estado. Nesta semana, o governador Romeu Zema (Novo) proibiu a realização de eventos de Carnaval e determinou o fechamento dos parques estaduais durante o feriado. 

Últimas