Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Polícia Federal realiza operação contra tráfico internacional de drogas em Belo Horizonte 

Suspeitos também estariam envolvidos com lavagem de dinheiro e crimes financeiros; 25 mandados serão cumpridos

Minas Gerais|Túlio Lopes, da Record TV Minas e Arnon Gonçalves*, do R7


Polícia Federal identificou contradições
na compra de imóveis e veículos de luxo dos suspeitos
Polícia Federal identificou contradições na compra de imóveis e veículos de luxo dos suspeitos

A Polícia Federal (PF) realiza, na manhã desta terça-feira (14), a operação Flight Level, que apura o pagamento de propina para soltura de um suspeito de tráfico internacional de drogas e formação de organização criminosa. Ao todo, estão sendo cumpridos 25 mandados de busca e apreensão em Belo Horizonte e na região metropolitana.

Segundo a PF, os suspeitos estariam ligados a uma “célula” de uma organização criminosa grande, especializada em tráfico internacional de drogas, lavagem de dinheiro e crimes financeiros. Além da capital mineira, as buscas serão realizadas, também, nas cidades de São Paulo e Florianópolis.

Após início das investigações, já foram identificados aquisições de imóveis, veículos de luxo, joias e criptoativos, com incompatibilidade entre o rendimento declarado pelos suspeitos e o patrimônio arrecadado no período. 

Além dos mandados de busca e apreensão, serão cumpridos 5 mandados de prisão preventiva, 5 de prisão temporária, 17 mandados de sequestro de veículos automotores e de 7 imóveis. A PF já efetuou, também, o bloqueio de 34 contas bancárias de pessoas e empresas investigadas.

Publicidade

Os suspeitos poderão responder pelos crimes de tráfico de drogas, participação em organização criminosa e lavagem de dinheiro com penas que, somadas, podem chegar a 38 anos de reclusão.

Além disso, os policiais cumprirão, ainda nesta terça-feira (14), outros 17 mandados de busca e apreensão na Operação Habeas Pater, que investiga um desembargador e seu filho. Os dois são acusados de vender sentenças para os suspeitos que estão sendo investigados durante a operação sobre tráfico internacional.

*Estagiário sob supervisão de Túlio Lopes

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.