Minas Gerais Policial é suspeito de matar cachorro a tiros em avenida de BH

Policial é suspeito de matar cachorro a tiros em avenida de BH

Animal teria se soltado da coleira e estranhado com o pitbull do PM, suspeito de disparar duas vezes contra o cachorro 

  • Minas Gerais | Gabriel Rodrigues, da Record TV Minas

Um cachorro foi morto a tiros por um policial militar nesta quinta-feira (24) na avenida Padre Pedro Pinto, na região de Venda Nova, em Belo Horizonte. O dono do animal amarrado o animal do lado de fora de um supermercado, mas ele conseguiu se soltar e correu em direção ao canteiro central da avenida.

Cachorro foi atingido com dois tiros

Cachorro foi atingido com dois tiros

Reprodução / Record TV Minas

O cachorro teria se estranhado com um pitbull do policial, que estava na coleira, mas sem focinheira. Neste momento, o PM teria pegado a arma e atirado no vira-lata de 11 anos de idade.

O dono do cachorro morto, Luiz Andrade Simão, afirmou que após o primeiro tiro, o cão teria caído no chão, mas em seguida, o policial teria atirado novamente. Ainda de acordo com ele, o policial teria intimidado Luiz, afirmando que iria chamar a viatura para prendê-lo e que o homem teria dado sorte de não levar um tiro também.

Veja: Casal é preso por torturar cão no interior de Minas Gerais

De acordo com o tutor do cachorro morto, o animal era manso, brincalhão e era considerado um membro da família.

Em nota, a Polícia Militar explicou que o PM, ao se defender e defender o seu cão de uma agressão de outro animal, agiu em estado de necessidade, conforme previsto no Código Penal Brasileiro, efetuando disparos de arma de fogo. E ainda esclareceu que o policial e o dono do cachorro morto foram conduzidos à delegacia de Polícia Civil, com os materiais apreendidos, para as providências cabíveis.

Últimas