Servidores de MG protestam contra parcelamento do 13º salário de 2018

Governador Romeu Zema, que herdou um Estado endividado, foi chamado de caloteiro pelos manifestantes

Servidores manifestaram na Assembleia Legislativa

Servidores manifestaram na Assembleia Legislativa

Gisele Ramos / Record TV Minas

Servidores públicos de Minas Gerais protestaram contra o governador Romeu Zema (Novo), nesta sexta-feira (1º), em razão do parcelamento, em 11 vezes, do 13º salário de 2018.

A manifestação ocorreu na porta da Assembleia Legislativa, onde os 77 deputados estaduais eleitos no ano passado serão empossados. Em coro, os servidores gritaram:

— Zema caloteiro, cadê meu décimo-terceiro?

Procurada, a Secretaria de Comunicação do Governo de Minas Gerais ainda não comentou o assunto.

Zema quer privatizar Cemig, cortar até o limite e diminuir impostos