Minas Gerais Vítima é assaltada na frente da PM após acidente em blitz na BR-381

Vítima é assaltada na frente da PM após acidente em blitz na BR-381

PM abordava motorista na BR-381, em Contagem (MG), quando carro rompeu o bloqueio e atingiu viatura; sargento foi atropelado e fraturou o fêmur

  • Minas Gerais | Célio Ribeiro*, do R7, e Virgínia Nalon, da Record TV Minas

Suspeito de assalto foi imobilizado pelos policiais

Suspeito de assalto foi imobilizado pelos policiais

Record TV Minas

Um homem foi assaltado enquanto estava sendo atendido por policiais militares e bombeiros depois de ter sido atingido por um carro que furou uma blitz na rodovia Fernão Dias, em Contagem, na Grande BH, na noite desta sexta-feira (31). 

Uma equipe da Rocca (Rondas Ostensivas Com Cães) estava abordando Cleiton Ferreira de Miranda, de 38 anos, por suspeita de direção perigosa. Durante a averiguação, um segundo carro, conduzido por Julio Cesar Cangussu da Silva, de 39 anos, furou o bloqueio e atingiu uma viatura da PM.

Veja: Entregador tem pé amputado ao ser atingido por Audi em alta velocidade

Na batida, um sargento da PM e Cleiton, motorista do primeiro carro, foram atingidos. O militar fraturou o fêmur, levou uma pancada na cabeça e foi levado, de helicóptero, até o Hospital João 23, no centro de Belo Horizonte.

Já o motorista do primeiro carro tinha suspeita de fratura em uma das pernas e foi atendido no próprio local do acidente. Foi nesse momento em que um outro homem chegou e tentou roubar o celular e a carteira de Cleiton, mesmo com a presença de vários agentes das Polícias Militar e Rodoviária Federal no local. O suspeito foi imobilizado e conduzido à uma delegacia.

Veja: Motociclistas invadem passarela em racha com 300 motos na Grande BH

Motorista que rompeu o bloqueio acompanhou o atendimento

Motorista que rompeu o bloqueio acompanhou o atendimento

Record Tv Minas

Segundo a PM, o motorista que furou o bloqueio, Julio Cesar Cangussu da Silva, tinha sinais de embriaguez, mas se recusou a soprar o bafômetro. Ele acompanhou todo o atendimento sentado na mureta da rodovia e depois foi conduzido para a delegacia pela Polícia Rodoviária Federal.

Por conta desse acidente, a Rodovia Fernão Dias ficou fechada por quase duas horas e só foi liberada no início da madrugada deste sábado (1).

*Estagiário do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli

Últimas