Minas Gerais Vizinho de prédio em que mulher morreu irá prestar depoimento 

Vizinho de prédio em que mulher morreu irá prestar depoimento 

Segundo a Polícia Civil, o depoimento é importante porque o homem teria filmado a movimentação no local no dia da morte de Hilma de Morais 

  • Minas Gerais | Shirley Barroso, da Record TV Minas

Hilma caiu da cobertura de um prédio em BH

Hilma caiu da cobertura de um prédio em BH

Reprodução/ Record TV

Prestou depoimento, na tarde desta quinta-feira (3), no DHPP (Departamento de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa), da Polícia Civil, um vizinho que estava presente nas imediações do prédio em que uma mulher morreu ao cair de uma cobertura no bairro Castelo, na região da Pampulha, em Belo Horizonte. 

O depoimento da testemunha, que mora de frente para o edifício, começou por volta das 14h30. De acordo com informações da família de Hilma de Morais e do advogado dos familiares da vítima, este depoimento é importante porque o homem teria filmado a movimentação no local no dia do ocorrido. 

Ainda segundo o advogado, o vizinho reclamava constantemente do barulho e do movimento das festas promovidas pelo empresário Gustavo Veloso, dono da cobertura onde Hilma caiu. 

Outros depoimentos

Na manhã desta quarta-feira (2), foi ouvida uma jovem que participava da festa na cobertura. Já no dia 9 de dezembro, será a vez dos familiares de Hilma prestarem depoimento. O irmão, a mãe, a irmã-gêmea, o tio e a filha menor de idade da vítima serão ouvidos pela delegada. 

Na terça-feira (1°), o cantor Weliton Costa, irmão do astro sertanejo Eduardo Costa, também prestou depoimento sobre o caso. Ele havia sido contratado pelo dono do imóvel para tocar em um evento que acontecia no local.

Gustavo Veloso também deu esclarecimentos à polícia na última segunda-feira (30). O homem disse que tinha um relacionamento "esporádico" com Hilma. Já a família da vítima disse que os dois estavam juntos há pelo menos sete meses.

Hilma foi encontrada caída já sem vida no parapeito do prédio, no dia 20 de novembro. Segundo o Boletim de ocorrência da PM (Polícia Militar), Veloso contou que após uma briga entre ele e a mulher, ela teria ido até o parapeito do prédio e se jogado. 

Últimas