Autos Carros ASX 2023 será lançado neste mês mas não deve vir ao Brasil: saiba o motivo

ASX 2023 será lançado neste mês mas não deve vir ao Brasil: saiba o motivo

Crossover deve ter versão híbrida plug-in de 160 cv

Resumindo a Notícia

  • Modelo pode ter motor de 1.3 litro turbo de 142 ou 160 cv
  • Também pode ser equipado com propulsor de 1.0 turbo de 92 cv
  • SUV será produzido na Espanha e utilizará plataforma do Captur europeu
Crossover terá uma nova linguagem visual mais fluida com grade integrada

Crossover terá uma nova linguagem visual mais fluida com grade integrada

Mitsubishi/Divulgação

A Mitsubishi lançará no próximo dia 20 de setembro o novo ASX 2023, que será produzido na fábrica da Renault em Valladolid, na Espanha, onde utilizará a mesma plataforma do Captur. Por lá, o crossover deve ter uma versão híbrida plug-in de 160 cv. 

Traseira deverá ter estilo cupê com emblema da marca ocupando a tampa do porta-malas

Traseira deverá ter estilo cupê com emblema da marca ocupando a tampa do porta-malas

Mitsubishi/Divulgação

O Mitsubishi ASX 2023, que já teve teasers divulgados, terá um desenho mais arrojado com uma  grade integrada aos faróis. A traseira deverá ter estilo cupê com emblema da marca ocupando a tampa do porta-malas. Ainda não há imagens do interior.

Projeção mostra modelo parecido com o Captur europeu

Projeção mostra modelo parecido com o Captur europeu

Drive/Reprodução

A Mitsubishi deve vender o novo ASX 2023 com uma versão inédita híbrida plug-in com motor 1.6 com propulsor elétrico auxiliar que deve entregar 147 ou 160 cv de potência. Também há chance de ser oferecido com o conhecido propulsor de 1.3 litro turbo de 142 ou 160 cv e até um 1.0 turbo de 92 cv e versões diesel conforme o mercado para se adaptar às rígidas regras de emissões dos variados países da União Europeia.

Mitsubishi vende o ASX com nome de Outlander Sport desde 2020

Mitsubishi vende o ASX com nome de Outlander Sport desde 2020

Mitsubishi /Divulgação

No Brasil
Por aqui, a Mitsubishi vende o ASX com nome de Outlander Sport desde 2020, quando passou por uma atualização visual. Em relação à motorização, o crossover tem motor de 2.0 litros de quatro cilindros, que entrega até 170 com torque de até 23 kgfm. A transmissão é automática do tipo CVT, que simula seis velocidades. O modelo é oferecido no site da marca por R$ 168.990 na opção HPE 2WD e por R$ 175.990 na configuração HPE AWD.

Central multimídia conta com conexão com Apple CarPlay e Android Auto

Central multimídia conta com conexão com Apple CarPlay e Android Auto

Mitsubishi/Reprodução

Já a nova geração do Mitsubishi ASX 2023 não deve ser vendida no Brasil, uma vez que é feita na Espanha e veículos europeus pagam altos impostos para entrar no Brasil. A solução poderia ser nacionalizá-lo, o que só seria viável se a plataforma do Captur europeu fosse produzida aqui. No entanto o modelo europeu usa base do Clio que não temos aqui (o nosso é irmão de plataforma do Duster).

Mitsubishi Eclipse Cross vale a pena? REVIEW + CÂMERA ON BOARD. Veja o vídeo!

Contudo, a marca pode trazê-lo apenas na versão híbrida para garantir isenções de impostos por conta da eletrificação. Mas isso é difícil de ocorrer uma vez que seria um produto de baixo volume de produção e a Mitsubishi onde não tem uma estratégia clara de veículos eletrificados para o nosso mercado brasileiro.

*Com a colaboração Felipe Salomão

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas