Autos Carros BMW confirma dois carros elétricos para o Brasil

BMW confirma dois carros elétricos para o Brasil

BMW i4 e iX são apresentados na Europa; iX pode entregar até 600cv

A BMW apresentou na Europa hoje (20), dois novos modelos elétricos que já tem passaporte carimbado para o Brasil. Trata-se do sedã i4 e do SUV iX

A BMW apresentou na Europa hoje (20), dois novos modelos elétricos que já tem passaporte carimbado para o Brasil. Trata-se do sedã i4 e do SUV iX

BMW/Divulgação

A BMW apresentou na Europa hoje (20), dois novos modelos elétricos que já tem passaporte carimbado para o Brasil. Trata-se do sedã i4 e do SUV iX. No mercado europeu o carro desembaraça já em novembro. No Brasil, apesar de confirmado, a montadora ainda não deu data para sua chegada. Por meio de um comunicado a BMW do Brasil disse que o lançamento “acontece em breve”.

i4

O BMW i4 M50 é o primeiro modelo 100% elétrico feito pela BMW M, divisão esportiva da marca bávara. O coupé entrega 544cv de potência e 795Nm de torque. O esportivo ainda conta com dois motores; um traseiro e outro dianteiro. A transmissão de torque fica, em sua maior parte, concentrada na traseira. Segundo a BMW, a autonomia chega a 510 km (ciclo WLTP, ciclo harmonizado internacional para medição de autonomia), com consumo entre 19 e 24 kWh/100 km.

Outra versão apresentada pela montadora foi a eDrive40, que tem 340 cv de potência e 420 Nm de torque

Outra versão apresentada pela montadora foi a eDrive40, que tem 340 cv de potência e 420 Nm de torque

BMW/Divulgação

Outra versão apresentada pela montadora foi a eDrive40, que tem 340 cv de potência e 420 Nm de torque instantâneo. O alcance máximo é de 590 km (ciclo WLTP). Por sua vez, o consumo de energia é baixo: são entre 16 e 20 kWh/100 km.

As baterias ficam entre os eixos do BMW i4

As baterias ficam entre os eixos do BMW i4

BMW/Divulgação

As baterias ficam entre os eixos do BMW i4, uma solução que da ao modelo o menor centro de gravidade possível: são 3,7cm mais baixo do que o BMW Série 3. As baterias tem estações ultra rápidas de recarga com capacidade de admissão de energia de até 200kW. Nesse modo, é possível recarregar as baterias de 10% a 80% em apenas 31 minutos.

iX

Já o BMW iX foi baseado no SUV X7 e dispõe de duas versões de tração integral. O BMW iX xDrive 50 entrega 523 cv e 765 Nm, com consumo entre 19,8 e 23 kWh/100 km. O alcance da versão é de 630 km (ciclo WLTP). Já O BMW iX xDrive 40 tem potência equivalente a 326 cv e torque máximo de 630 Nm. O consumo de energia fica entre 19,4 e 22,5 kWh/100 km. A autonomia máxima chega a 425 km (ciclo WLTP). Ainda há uma opção ainda mais forte a caminho, o BMW iX M60, cuja potência ultrapassa 600 cv.

O BMW iX foi baseado no SUV X7 e dispõe de duas versões de tração integral

O BMW iX foi baseado no SUV X7 e dispõe de duas versões de tração integral

BMW/Divulgação

O SUV elétrico iX foi produzido com materiais que deixam o carro mais leve, mesmo sem confirmar o peso, a montadora afirmou que a novidade tem na sua construção aços de alta resistência, alumínio e polímeros reforçados com fibra de carbono, uma tecnologia já utilizada pelo BMW Série 7.

O SUV elétrico iX foi produzido com materiais que deixam o carro mais leve

O SUV elétrico iX foi produzido com materiais que deixam o carro mais leve

BMW/Divulgação

No interior dos dois carros o painel de instrumentos é equipado com uma tela de 12,3” é uma multimídia de 14,9”. O sistema operacional iDrive 8 faz sua estreia no iX e do i4. Personalizáveis de acordo com o gosto do motorista, as telas do ID8 têm alta resolução e mostram recursos intuitivos.

Os preços ainda não foram divulgados.

Os preços da linha iX ainda não foram divulgados

Os preços da linha iX ainda não foram divulgados

BMW/Divulgação

Eletrificação

Em 2020 a marca de origem alemã divulgou que toda a linha será elétrica/híbrida até 2030. Ou seja, as emissões serão reduzidas em cerca de 40%.

Novo BMW 330e é mais econômico que Corolla, Civic e até Up TSi: veja o review completo!

No Brasil, a marca tem o Serie 3, como carro chefe na eletrificação, mesmo sendo híbrido. O modelo é o mais vendido entre os sedãs premium ficando com a expressiva marca 70% das vendas da categoria.

Últimas