Autos Carros Motos Honda são líderes de roubo em SP, aponta Carsystem

Motos Honda são líderes de roubo em SP, aponta Carsystem

Carsystem divulga ranking de modelos mais roubados de acordo com a base de clientes: Honda é líder

  • Autos Carros | Marcos Camargo Jr.

Resumindo a Notícia

  • Honda CG 160 foi a motocicleta mais roubada no primeiro semestre
  • Segunda mais roubada foi a Honda XRE300
  • Terceiro lugar ficou com a Honda CB Twister
  • Estado com maior ocorrência de roubos e furtos é o Rio de Janeiro com 84% dos chamados
Ocorrências de roubo ou furto ocorrem geralmente das 19h às 22h

Ocorrências de roubo ou furto ocorrem geralmente das 19h às 22h

Honda/Divulgação

Com a retomada da economia ainda em meio à pandemia do coronavírus as ocorrências de roubo cresceram 40% no primeiro semestre, diz o SindimotoSP. A partir da base de dados dos seus clientes a empresa Carsystem, lider em rastreamento de veiculos no país divulgou um ranking que coloca a marca Honda entre a mais procurada por bandidos.

HONDA CG TITAN 2022: nova cor, acabamento e outros detalhes. Melhor que Yamaha YBR e Haojue 160? Veja o vídeo!

De acordo com a Carsystem foram cerca de 989 ocorrências no primeiro semestre, que correspondem a 61,8% de motos roubadas. Em relação ao ano passado, o número de roubos e furtos cresceu 15%, com 1.600 chamados.

HONDA CG ANTIGA: ML, Today, Turuninha, Titan, Cargo… década de 1970 aos dias de hoje. Veja o vídeo!

Ranking de motos
No índice de furtos do primeiro semestre, o ranking foi bem parecido tendo a Honda CG 160 também na liderança, seguido pela Honda XRE300, Honda CB Twister, Honda CG150 e a Honda CB300.

Review: Honda XRE 300 Rally 2019. Veja o vídeo!

De acordo com os dados de segurança do Governo de São Paulo, até o mês de julho deste ano, foram 17.580 roubos de veículos e 43.889 casos de furtos.

HONDA CG 2022: mudanças principais da moto mais vendida do país. Veja o vídeo!

Horários de maior ocorrência
Segundo a Carsystem, as ocorrências de roubo ou furto ocorrem geralmente das 20h às 00h, com intervalo mais crítico das 20h às 22h. O estado de São Paulo é o estado com maior ocorrências, sendo que a zona leste da capital corresponte a 24% dos roubos, seguido da zona sul com 20%, zona oeste com 15%, a região central registra 7% e a zona norte 6%. Já o Rio de Janeiro é o segundo com mais ocorrências, o que representa 10% dos chamados e as demais regiões do país tem 18%. 

Últimas