Autos Carros Testamos a Fiat Toro de entrada com câmbio manual

Testamos a Fiat Toro de entrada com câmbio manual

Endurance tem propulsor fraco em baixas rotações e o consumo elevado

Endurance possui câmbio manual

Endurance possui câmbio manual

Marcos Camargo Jr

A Fiat Toro é mesmo um fenômeno de vendas desde o lançamento em 2016. Hoje na linha 2021 ela se mostra versátil até na proposta uma vez que é oferecida com motor 1.8 e.TorQ flex de 139cv e também com motor 2.0 Multijet turbodiesel de 170cv com tração 4x4. Neste universo o R7-Autos Carros testou a versão mais em conta da Fiat Toro, a Endurance com câmbio manual.

Já andei com a FIAT TORO 2021 Endurance manual! Melhor que Strada 2021? Review completo!

Diferente de modelos mais completos como a Ranch e a Ultra, a Fiat Toro Endurance é despojada de um acabamento carregado. Não traz elementos visuais na cor preto brilhante ou cromados, capota marítima, bancos em couro entre outros.

Toro básica custa o mesmo que uma Fiat Strada Volcano completa

Toro básica custa o mesmo que uma Fiat Strada Volcano completa

Marcos Camargo Jr

A Endurance tem faróis halógenos com luzes diurnas em LED, grade em plástico preto e rodas aro 16 de aço com calotas rígidas. Por dentro, bancos em tecido com gráficos verticais, painel simplificado e se nota ausência de um descansa braço lateral. Em seu lugar há só um porta objetos e outro porta latas e garrafas. Na versão testada vem com multimídia de 7 polegadas Uconnect que é vendida por R$ 3.000 no pacote que inclui ainda câmera traseira e sensor de ré.

Endurance tem farois halógenos com luzes diurnas em LED

Endurance tem farois halógenos com luzes diurnas em LED

Marcos Camargo Jr

Apesar disso, as qualidades de um veículo estão mantidas na Toro de entrada. Ela tem 1.000kg de capacidade de carga na caçamba com destravamento lateral, o espaço interno no banco traseiro é bom e a boa altura em relação ao solo permite transpor buracos e valetas com facilidade.

Versão testada vem com multimídia de 7 polegadas

Versão testada vem com multimídia de 7 polegadas

Marcos Camargo Jr

Não que o motor 1.8 e.TorQ tenha bom desempenho. Longe disso. Com 139cv o propulsor é fraco em baixas rotações e o consumo elevado, cerca de 7km por litro na cidade com etanol, faz dele apenas uma opção suficiente para a Toro. O câmbio manual de cinco marchas é o mesmo usado há anos desde o extinto Palio. A questão do câmbio será a revenda posterior uma vez que a grande maioria dos consumidores que adquirem a Toro optam pelo câmbio automático.

Na tabela a versão sai por R$ 100,9 mil

Na tabela a versão sai por R$ 100,9 mil

Marcos Camargo Jr

Apesar disso, a Toro Endurance tem preço competitivo. Na tabela a versão sai por R$ 100,9 mil mas a Fiat adota promoções permanentes para vendê-la na rede de concessionárias. Na prática ela é vendida por R$ 82,9 mil enquanto há unidades 2020 à venda por R$ 79,9 mil. Isso quer dizer que a Toro básica custa o mesmo que uma Fiat Strada Volcano completa.

Toro tem 1.000kg de capacidade de carga na caçamba

Toro tem 1.000kg de capacidade de carga na caçamba

Marcos Camargo Jr

Se ela vem pouco equipada ao menos tem maior capacidade de carga e motor mais potente e pode ser um bom negócio conforme o perfil de uso.

Com 139cv o propulsor é fraco em baixas rotações

Com 139cv o propulsor é fraco em baixas rotações

Marcos Camargo Jr

Últimas