Volkswagen revela novo teaser da Amarok 2023

Pick-up deve chegar ao mercado global neste ano com motor V6 turbodiesel

Resumindo a Notícia

  • Modelo será produzido na África do Sul
  • Novidade terá coberturas plásticas nas caixas de roda
  • Marca não divulgou a potência do motor
Pick-up terá coberturas plásticas nas caixas de roda

Pick-up terá coberturas plásticas nas caixas de roda

Volkswagen/Divulgação

Depois de ter divulgado algumas imagens da nova Amarok 2023, a Volkswagen revelou um novo teaser da pick-up, que deve ser lançada globalmente neste ano. O modelo, que será equipado com motor V6 turbodiesel, não virá ao Brasil por ser produzido na África do Sul.

JÁ ANDEI NA NOVA AMAROK V6 de 258cv! Testei na terra e na estrada. Veja o vídeo!

Na imagem divulgada é possível ver um desenho do que será a pick-up, o que não é muito diferente dos teaser anteriores. Contudo, dá para observar que a novidade terá coberturas plásticas nas caixas de roda, o que deve ser uma versão superior, uma vez que já foi mostrada sem essas proteções. Inclusive, os outros desenhos mostram para-choques dianteiro e traseiro mais robustos, capô alongado e com vinco em formato de “U”, além de ter faróis que estão unidos à grade dianteira, o que lembra o SUV Taos, lançado por aqui neste ano. Por dentro, terá um volante igual aos dos elétricos ID.3 e ID.4, apresentados recentemente no por aqui. Ainda contará com uma ampla central multimídia disposta na vertical, assim como a nova Ranger, Fiat Toro e RAM 1500. A marca não divulgou a potência da motorização.

Novidade contará com uma ampla central multimídia disposta na vertical

Novidade contará com uma ampla central multimídia disposta na vertical

Volkswagen/Divulgação

Em relação ao mercado brasileiro, a Volkswagen deve vender apenas a atual geração do Amarok por aqui, que terá produção prorrogada na Argentina. Além disso, a alta taxa de impostos deve contribuir para a marca não trazê-la para o Brasil, já que o país não tem acordos comerciais com o país africano como tem com a Argentina e com o México. Vale lembrar que a nova Amarok utilizará a mesma plataforma da nova Ranger, que será vendida por aqui.

*Em colaboração Felipe Salomão

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas