Blog do Pascarelli Após tiroteio, velório de cantor continua com escolta da polícia 

Após tiroteio, velório de cantor continua com escolta da polícia 

Durante velório do cantor de forró Romarinho Mec, bandidos armados com fuzis dispararam vários tiros e mataram um dos melhores amigos do cantor, o influencer Illguinner Paiva de Menezes.

Após tiroteio, velório de cantor continua com escolta da polícia civil, no distrito do Cacau Pirêra, no Amazonas.

Após tiroteio, velório de cantor continua com escolta da polícia civil, no distrito do Cacau Pirêra, no Amazonas.

Divulgação

Policiais Civis estão neste momento acompanhando o velório do cantor de forró Romarinho Mec, no distrito de Cacau Pirêra, no município de Iranduba, região metropolitana de Manaus. Ontem, um tiroteio, no início do velório, terminou com o melhor amigo do cantor morto. O influencer Marco Illguinner Paiva de Menezes, 24, mais conhecido como "Bíber", foi atingido por três disparos na frente da casa poliesportiva onde o corpo do cantor era aguardado.

Os disparos atingiram o peito e o tórax de Illguinner. Ele chegou a ser socorrido e levado para o SPA Joventina Dias, no bairro Compensa, em Manaus, mas já chegou ao local sem vida. Romarinho e Illguinner tinham uma amizade de longa data. Para homenagear o amigo cantor, o influencer chegou a fazer uma tatuagem com o nome dele. O corpo de Illguinner ainda não foi liberado pelo IML.

Últimas