Christina Lemos “Há sinal de acordo” para manter Doria candidato, diz fonte

“Há sinal de acordo” para manter Doria candidato, diz fonte

Braço direito do governador sinaliza que tucano pode desistir de desistir. Reação do vice, Rodrigo Garcia, pesou. Decisão será anunciada nesta tarde 

João Doria: última cartada para enquadrar adversário dentro do partido

João Doria: última cartada para enquadrar adversário dentro do partido

Reprodução/Instagram

Fonte presente às negociações em andamento neste momento no Palácio dos Bandeirantes sinaliza a possibilidade de o governador João Doria manter a pré-candidatura ao Planalto, garantindo o acordo para que Rodrigo Garcia assuma o governo do estado e reforce a própria campanha à sucessão do tucano. “Há um sinal de acordo”, declara o interlocutor e braço direito de Doria, quanto às conversações agora mediadas pelo presidente do PSDB, Bruno Araújo.

Tanto Doria quanto Garcia tem desempenho pouco competitivo nas pesquisas de intenção de voto: o governador aparece com cerca de 2%, e Garcia, com 6%.

Está prevista para as 16h uma entrevista coletiva em que Doria deve se manifestar sobre sua decisão. A eventual desistência do governador, por um lado, animou a ala que defende a candidatura de Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul, ao Planalto. A confirmação de que o gaúcho se licenciaria do cargo e passaria a uma disputa paralela a Doria levou o paulista a falar em “golpe” contra sua candidatura, aprovada nas prévias do PSDB.

A notícia da desistência de Doria, acompanhada das acusações do governador, que ameaça inclusive deixar o PSDB, levou o presidente do partido a resgatar o discurso de cumpridor das regras e de respeito à institucionalidade do estatuto tucano. Em nota, Araújo garantiu o cumprimento da escolha da maioria do PSDB, com o respeito ao resultado das prévias. Reforçou ainda que o partido considera ter um papel de “protagonismo” ante a “polarização política” que envolve Bolsonaro e Lula.

Ao jogar sua última cartada para enquadrar os adversários dentro do PSDB, Doria busca um compromisso de apoio e de cumprimento das prévias – expectativas que esbarram, no entanto, na rejeição a seu nome e no seu fraco desempenho nas pesquisas. “O sentimento é de alívio, de que a pedra no caminho da terceira via foi removida”, chegou a declarar hoje integrante da ala tucana que apoia Leite, em alusão à reviravolta promovida por Doria.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas