Christina Lemos Mansueto: 'Transição andou bem e antecipamos a saída em 2 semanas'

Mansueto: 'Transição andou bem e antecipamos a saída em 2 semanas'

Economista, que foi substituído nesta quarta, a pedido, por Bruno Funchal no comando do Tesouro Nacional, promete colaborar com as reformas

Mansueto deixa a Secretaria do Tesouro Nacional

Mansueto deixa a Secretaria do Tesouro Nacional

Divulgação/TCU - 31/10/2017

O agora ex-secretário do Tesouro Nacional Mansueto Almeida, exonerado da função nesta quarta-feira (15) e substituído pelo economista Bruno Funchal, afirmou à coluna que conseguiu antecipar sua saída por conta da boa transição feita com o novo ocupante do cargo.

“A transição andou muito bem e antecipamos a saída e nomeação em duas semanas”, afirmou. “Eu devo soltar uma nota interna. Mas eu e Bruno que é o novo secretário estamos trabalhando juntos, participando de reuniões juntos, e toda minha equipe continua", garantiu.

Mesmo fora do governo, Mansueto disse que vai trabalhar para ajudar a equipe econômica avançar nas reformas necessárias para o país.

"Da minha parte, apesar de agora estar fora do governo, vou continuar defendendo a mesma agenda que defendia dentro do governo. De fora, [vou] tentar ajudar a equipe econômica e o novo secretário do Tesouro Nacional avançarem com agenda de reformas que é importante para o crescimento do país", disse.

Mansueto, que estava no estava no cargo desde 2018, deixou o Tesouro Nacional nesta quarta-feira. A exoneração saiu no Diário Oficial da União desta quarta-feira, poucas semanas depois de ele ter comunicado o ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre sua saída. 

Para o lugar dele, o governo Bolsonaro nomeou Bruno Funchal, que bacharel em economia pela UFF (Universidade Federal Fluminense), com doutorado em economia pela FGV (Fundação Getulio Vargas) e pós-doutorado pelo Impa (Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada). É também professor titular da Fucape Business School e foi pesquisador visitante na Universidade da Pensilvânia.

Últimas