Rio de Janeiro Após 14 horas, tenente-coronel liberta família feita refém no Rio

Após 14 horas, tenente-coronel liberta família feita refém no Rio

Policiais militares de quatro batalhões foram acionadas para ajudar nas negociações em um apartamento de Cascadura, zona norte da cidade

Após 14 horas, Tenente-coronel liberta família feita refém no Rio

Sequestro terminou às 9h50 desta quarta (15)

Sequestro terminou às 9h50 desta quarta (15)

Reprodução/Record TV

O tenente-coronel do Exército que fez a esposa e os dois filhos reféns libertou a família às 9h50 desta quarta-feira (15). O militar se entregou após 14 horas de negociações em seu apartamento, no bairro de Cascadura, zona norte do Rio de Janeiro. 

Segundo vizinhos e funcionários do prédio, a Polícia Militar foi chamada após a esposa do tentente-coronel pedir por socorro. Testemunhas afirmam que barulhos de agressões foram ouvidos no final da noite da última terça-feira (14).

Equipes do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) comandavam as negociações com apoio do BAC (Batalhão de Ação com Cães), do 9º BPM (Rocha Miranda) e dos agentes da DAS (Delegacia Antissequestro).

Segundo o coronel Mauro Fliess, porta-voz da Polícia Militar, o tenente-coronel será conduzido para a 29ª DP (Madureira) para prestar esclarecimentos sobre o caso, enquanto a esposa e os gêmeos recebem atendimento médico ainda no apartamento.

A Polícia Militar tentou, durante a madrugada, trocar um de seus agentes pelos filhos do casal, mas sem sucesso na ocasião.

“Ele era pai de quatro filhos”, diz mãe de professor morto no Alemão

Durante as negociações, a energia elétrica foi cortada para evitar que o militar pudesse ver a cobertura da mídia sobre o caso, segundo informações da Record TV Rio.

De acordo com a Polícia Militar, não houve feridos e ressaltaram "que todos os protocolos para este tipo de ocorrência foram adotados visando um desfecho favorável à preservação da vida de todos".

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa