Após ouvir Flordelis, delegado afirma que inquérito está completo

Delegado responsável pela investigação da morte do pastor Anderson do Carmo disse que a deputada federal foi ouvida como envolvida no caso

Após ouvir Flordelis, delegado afirma que inquérito está completo

Flordelis prestou depoimento por mais de quatro horas

Flordelis prestou depoimento por mais de quatro horas

Reprodução Record TV

A deputada federal Flordelis (PSD-RJ) prestou um novo depoimento à DHNSG (Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo), nesta quinta-feira (21), no inquérito que investiga quem mandou matar o marido dela, o pastor Anderson do Carmo. 

Veja também: Justiça nega liberdade a empresário preso na Operação Favorito

Após ouvir a parlamentar por mais de quatro horas, o delegado titular da DHNSG, Allan Duarte, disse que  Flordelis respondeu a todas as perguntas. Além disso, ele afirmou que não pretender mais tomar nenhum depoimento e que o inquérito está completo.

De acordo com a  Record TV Rio, a deputada federal foi convocada a depor pela terceira vez porque tentou visitar, sem autorização, o filho Lucas dos Santos na Cadeia Pública Juíza Patrícia Lourival Acioli, em São Gonçalo, Região Metropolitana.

Ainda de acordo com o delegado, Flordelis é tratada como envolvida no caso. 

O pastor Anderson do Carmo foi assassinado a tiros na garagem de casa, em Niterói, em junho de 2019.

A polícia identificou como responsáveis pelo crime Flávio dos Santos Rodrigues, filho biológico de Flordelis, e Lucas Cezar dos Santos, filho adotivo do casal. Eles foram denunciados e presos pelo crime.

*Sob supervisão de Bruna Oliveira