Rio de Janeiro Elias Maluco deixou cartas aos familiares antes de morrer, diz PF

Elias Maluco deixou cartas aos familiares antes de morrer, diz PF

Em nenhum de seus relatos ele cita arrependimento ou revolta com o sistema penitenciário, ele apenas escreve que não aguentava mais a vida

  • Rio de Janeiro | Isabela Afonso, do R7*, com Record TV

Elias maluco deixou cartas antes de cometer suicídio

Elias maluco deixou cartas antes de cometer suicídio

Reprodução Record TV

O traficante Elias Pereira da Silva, conhecido como Elias Maluco, encontrado morto na cela da Penitenciária Federal de Catanduvas, no Paraná na última terça-feira (22), deixou, pelo menos, 10 cartas escritas a mão para familiares, segundo a PF (Polícia Federal).

Leia também: Polícia prende estrangeiro suspeito de traficar armas e drogas no Brasil

Em nenhum de seus relatos o criminoso cita arrependimento ou revolta com o sistema penitenciário. Ele apenas escreveu que não aguentava mais a vida e não conseguia mais se posicionar em frente aos familiares.

De acordo com os agente penitenciários, Elias não demonstrou nenhum comportamento estranho para cometer tal ato contra a própria vida. Peritos da PF disseram que sua cela estava bem organizada.

Leia também: Ação contra tráfico termina com 10 presos em Teresópolis (RJ)

O corpo deve ser levado ao Rio de Janeiro, após a Polícia Federal emitir um documento para autorizar a vinda do corpo para a capital carioca.

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas