Rio de Janeiro Ex-presidente da Alerj Paulo Melo estuda em Bangu para reduzir pena

Ex-presidente da Alerj Paulo Melo estuda em Bangu para reduzir pena

Em março, o ex-deputado foi condenado a 12 anos e 5 meses de prisão e a pagar R$ 7 milhões de multa por corrupção passiva e organização criminosa

  • Rio de Janeiro | Matheus Nascimento, do R7*

Carlos Wrede / Agência O Dia

O ex-deputado estadual Paulo Melo, preso desde novembro de 2017 em decorrência da Operação Cadeia Velha, condenado por receber propinas para atuar na aprovação de iniciativas legislativas que favoreciam a Fetranspor (Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro), empresa que reúne as empresas de ônibus, e a empreiteira Odebrecht, está estudando para reduzir sua pena em Bangu 8.

A cada 12 horas de aulas assistidas, equivalem a menos um dia na cadeia pública.

As aulas são ministradas no Colégio Estadual Henrique de Souza Filho, que funciona no Complexo Penitenciário de Gericinó. Estão sendo oferecidos, nesta unidade escolar, os anos finais do Ensino Fundamental e o Ensino Médio.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas