Rio de Janeiro Ex-sogro é preso suspeito de envolvimento na morte de corretora

Ex-sogro é preso suspeito de envolvimento na morte de corretora

Homem é o quarto investigado pelo homicídio de Karina Garofalo. Seu filho, ex-marido da vítima, foi detido na última sexta-feira (2)

morte corretora

Karina Garofalo foi morta na frente do filho de 11 anos

Karina Garofalo foi morta na frente do filho de 11 anos

Reprodução/Record TV Rio

A Polícia Civil cumpriu um mandado de prisão temporária, na manhã desta quinta-feira (8), contra mais um suspeito de envolvimento no assassinato da corretora Karina Garofalo Pereira. O homem é o quarto investigado pelo homicídio, além de ser pai do ex-marido da vítima, detido na última sexta-feira (2).

Agentes da DH-Capital (Delegacia de Homicídios da Capital), coordenados pelo delegado André Barbosa Morais, prenderam o suspeito em uma fazenda, na cidade de  Volta Redonda, no sul do Rio de Janeiro.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, ele e o filho são apontados nas investigações como os mandantes do assassinato da corretora, que ocorreu no dia 15 de agosto deste ano. Ele foi encaminhado à sede da DH, na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio.

Na ocasião, Karina Garofalo foi morta a tiros na frente do filho de apenas 11 anos, enquanto chegava em sua residência também na Barra da Tijuca.

Assista também: PF prende ex-marido de corretora assassinada na zona oeste do Rio

*Estagiária do R7, sob supervisão de Paulo Lima

    Access log