Rio de Janeiro Falsos entregadores são presos no Rio pelo "golpe da maquininha" 

Falsos entregadores são presos no Rio pelo "golpe da maquininha" 

Criminosos alteravam valor de entrega; eles foram descobertos quando tentaram aplicar golpe em policial

  • Rio de Janeiro | Adriana Rezende, da Record TV Rio

Três falsos entregadores de comida, de São Paulo, foram presos no Rio de Janeiro por aplicarem o "golpe da maquininha". Os criminosos alteravam o valor das entregas e obtinham lucro com a quantia excedente. Eles foram descobertos quando tentaram aplicar o golpe em um policial civil.

Homem foi preso em hotel de Copacabana

Homem foi preso em hotel de Copacabana

Reprodução/Record TV Rio

Segundo a delegada, Natacha Oliveira, os homens se passavam por entregadores de aplicativo e alegavam, ao cobrar a entrega, que o visor das máquinas estava ruim, alterando assim o valor da compra sem que as vítimas conseguissem checar. Eles vieram para o Rio de Janeiro porque em São Paulo a prática já é realizada por muitos outros criminosos.

O policial deu voz de prisão a dois dos criminosos, quando percebeu o golpe. Os falsos entregadores fugiram em uma moto, mas acabaram presos em um condomínio da Glória, na zona sul do Rio. O terceiro integrante foi preso em um hotel em Copacabana, onde estava hospedado. No carro dele, foram encontradas 11 máquinas de cartão de débito e crédito.

"As investigações continuarão para identificar demais membros dessa organização criminosa”, disse a delegada Natacha Oliveira.

Últimas